01 de junho de 2020

Franca

PERIGO INVÍSIVEL

Franca registra a primeira transmissão local do coronavírus

'Se as pessoas relaxarem, daqui quatro semanas poderemos estar chorando mortes', alertou o infectologista Homero Rosa.

Franca 01/04/2020 - Repórter: Luciano Tortaro
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
O médico infectologista da Vigilância Epidemiológica de Franca Homero Rosa
O segundo caso confirmado de coronavírus em Franca é o primeiro de transmissão comunitária da doença no município. Isso quer dizer que o vírus está circulando pela cidade e contaminou a paciente aqui.

De acordo com o médico infectologista da Vigilância Epidemiológica de Franca, Homero Rosa, a idosa de 71 anos que está internada no Hospital São Joaquim/Unimed é de Franca, mora em Franca e não saiu de Franca. O médico deu detalhes do novo caso de Covid-19 na cidade durante uma live na página do GCN no Facebook, comandada pelo jornalista Corrêa Neves Jr, na noite desta terça-feira. “Este é um sinal de alerta. O vírus está aqui e o caso desta senhora prova isso”, destacou o especialista. “Tecnicamente há transmissão na cidade e não há como falar de onde veio. A gente presume que pode ser uma pessoa próxima ou ela contaminou as mãos”, conjecturou. Segundo ele, a Vigilância monitora os familiares da paciente e todos estão bem. “É difícil dizer onde se deu a contaminação. Mas os familiares estão tendo consciência coletiva de entrar em quarentena voluntária”, disse Homero.

O médico alerta ainda que Franca está apenas no início da epidemia. “Ela está apenas ensaiando na cidade.” E, por isso, o isolamento social é “extremamente necessário”.

Ele ressalta que os francanos, apesar de a cidade estar em uma situação de controle maior que Ribeirão Preto, por exemplo, não podem baixar a guarda. “É necessário ficar em casa, reforçar a higiene e não pôr a mão no rosto.” A contaminação, explicou ele, se dá pela face – olhos, nariz e boca.

A tendência nas próximas semanas, disse Homero Rosa, é “só aumentar” os casos de coronavírus em Franca. “Temos de fazer nossa parte até passar este terremoto”, recomendou o médico. “Parece que estamos em um filme de terror”. Ele orienta a população a ter sanidade mental para entender que isso vai passar, mas todos devem continuar a tomar “cuidados excessivos” com higiene.

Franca tem hoje dois casos confirmados da doença, 10 suspeitos e 20 negativos. “Essa tranquilidade em Franca pode ser enganosa. E, se as pessoas relaxarem, daqui quatro semanas poderemos estar chorando mortes”, alertou o especialista. 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • ju
    01/04/2020 13 Curtiram
    e facil mandar o povo ficar em casa ne com certeza tem dinheiro pra alimenta a família nos próximos meses e os que depende do seu salário de todo mes q nao estao ganhando que ja ve começar faltar comida em casa pra família deixa o povo trabalha cambada pq nao e vcs q vai la cuida da família deles e nem da minha ne tenho 2filho pequenos marido desempregado desde dezembro ia começa trabalha vem no dia q Prefeito mando parar ts
    • Letícia
      01/04/2020 3 Curtiram
      Nos outros países o governo ajuda a população que não tem condição. Ficar em casa é fundamental. O problema do brasileiro é esse, como disse o Paulo Guedes vai junta dinheiro para nada. Não tem planejamento nenhum. E não se esforça tanto para não ter nada. Aí qualquer imprevisto fica reclamando. Ter dinheiro é questão de esforço só, nada justifica descumprir a quarentena.
  • C.H. Rifaina SP
    01/04/2020
    Relaxarem? A Choradeira Sr. Infectologista,é a Infecção na economia do Brasil. Isso que é uma Virose. Parar hoje é para os Políticos Marajás,Magistrados,etc... Que todo mes a grana está depositada, Voces não estão pensando nos trabalhadores,e focando somente nessa Corona Vírus.
  • Tiago
    01/04/2020
    E se não relaxarem daqui a quatro semanas estarão desempregadas.
  • P
    01/04/2020
    É fácil falar qd se tem muito dinheiro, né, doutor.
  • Emerson
    01/04/2020 3 Curtiram
    Pessoal o negócio é sério, não vamos subestimar o vírus, vamos fazer nossa parte
  • Soll
    01/04/2020 4 Curtiram
    Realmente é muito difícil a situação que estamos enfrentando nesse momento, pois estamos numa encruzilhada onde o futuro incerto, estamos com medo de ser contaminado pelo vírus e de não ter como suprir as necessidades básicas de nossas famílias, é muito triste e desesperador, só peço que Deus tenha misericórdia de nós e que Ele nos dê sabedoria pra lidar com toda essa situação.
    • Isabel Santos
      03/04/2020
      Isso é sério não vamos brincar
  • fulano
    01/04/2020 7 Curtiram
    Mas morto não precisa pagar conta nem comer. Por que a preocupação com isso? Saia de casa e resolva seus problemas financeiros de uma vez.
  • Kaue Heitor
    01/04/2020
    O corona vírus só pega em quem está nas academias se cuidando, quem está trabalhando e etc né ? Em meio as aglomerações q temos nos supermercados ele não vai né ? Em meio as filas quilométricas tbm ele não pega !! Entendo sim q temos q nos cuidar mas falir um país um estado uma cidade já é de mais ! Pq no carnaval onde o vírus já estava a todo vapor não houve o cancelamento ??? Pq obras q são de políticos estão com mais de 600 funcionários trabalhando e etc ? E muito descaso de vocês com os trabalhadores com os empresários e criação de um pânico uma esteira desnecessária ! Cuidados sim pânico nunca !
  • Van
    01/04/2020 2 Curtiram
    Ju.. bora trabalhar, ai vc pega o vírus passa pro seu marido, ai os 2 morre... seus filhos vão passar fome sem o pai e sem a mãe, pq não sei se vc viu, isso pega em qualquer um, não é só e velho não... é melhor se resguardar essas dias do que vc morrer e deixar seus filhos órfãos.
    • ju
      01/04/2020 2 Curtiram
      se vc quer ficar em cada fiquei com medo eu so acho q isso e exageiro da midoa principalmente da globo vai da uma pesquisa quantos o transito mata quantos a tubérculose a aides e outras doencas mata a diferença e que nao foca toda hora na tv faltando q morreu o vírus pega em qualquer um sim mais risco de morte e para pessoas acima dos 60 ou com doença respiratória vi um médico mesmo falando que o risco nao e isso td que estao falando querem e assuta o povo e estão conseguindo
  • Felipe
    01/04/2020 2 Curtiram
    Seria muito bom ter fiscalização mas ruas. Quebrei o braço as vezes preciso ir a farmácia e é abismal a quantidade de gente em grupos de 3 ou 4 pessoas batendo papo. Próximas. As pessoas não enxergam o perigo nisso. E infelizmente vai só piorar. A polícia podia passar na rua fazendo como fazem com os \"meliantes\". Mandar as pessoas caçar suas casas. Quem tem que trabalhar, eu sou ti muito. Muito mesmo. Mas essas pessoas que estou vendo estão é de brincadeira com sua saúde e dia outros.
  • elis
    01/04/2020 2 Curtiram
    A questao e que o povo nao esta tendo consciencia do perigo que estao correndo de irem para a rua, aqueles que precisam sair de casa para trabalhar assim como ei ok! mais vcs ficam criticando a opinião de um medico especialista..complicado ne trabalho na área da saúde ...e estamos sendo preparados para receber muitas pessoas contaminadas...então se cada um nao se cuidar e tiver a responsabildade..como disse o doutor ira se espalhar a doença e muitos irão morrer.. lembrando que a situação economica e de preocupar mesmo..mais se nao tiverem saúde para trabalhar de nada ira adiantar pense bem nisso!!!
  • Mariana
    01/04/2020 4 Curtiram
    Eu acho que uma forma de prevenção é divulgar mais informações sobre a pessoa por.exemplo o bairro que ela mora onde ela costuma frequentar,para que assim seja mais uma forma de prevenção
    • ju
      01/04/2020
      tbm acho eles so querem informa quem ta doente quem morreu pq nao fala mais sobre pelo menoa o bairro ne
  • Mauro Lopes URQUIZA
    01/04/2020
    Bolsonaro deixou livre escolha. Fique em casa e morra de fome Ou vá trabalhar e morra de corona. Qual vc quer?
  • Rosane Aparecida Sene Pereira
    01/04/2020
    Por que a Prefeitura não está punindo quem está vendendo nas portas ? Não tem um Decreto ?
  • Luciana
    01/04/2020
    É muito vago as informacoes de vcs. A senhora tem nome? Porque precisamos saber quem pra pra saber se tivemos contato com ela. A mesma tem 71 anos, porta tô está no grupo de risco. É a família dela? Quem são? As notícias precisam ser dadas por completo. Espero uma resposta
    • GCN
      02/04/2020 1 Curtiu
      Nota da redação: normais legais impedem a divulgação por parte das autoridades de qualquer dado que permita a identificação do paciente. Códigos de ética da medicina também. Por isso, em Franca e qualquer outra cidade, apenas são divulgados dados gerais do paciente, como sexo, idade, possível forma de contágio e estado de saúde. Quando um paciente dá uma entrevista, é porque ele decidiu falar. Jamais, porque foi informado pelas autoridades de saúde.
  • Diogo
    02/04/2020 1 Curtiu
    Enquanto isso.em Franca so os carrões de mais de 80 mil saem em carreata para pedir a volta dos seus funcionarios aos postos de trabalho.. pq se não eles nao vao poder compra outros carro de 150 mil no ano que vem... Eles nao saem dos carros com medo do vírus.. mas querrm que os funcionarios peguem onibus lotados e encarem as rotinas de suas fabricas lotadas e aglomeradas pra que eles continue. A ter carrões.. E tem gente que defende.. Fiquem espertos que o comendante da marionete Bolsonaro, que é o Trump.. ja esta mandando novas.ordens.. e elas seguem o resto do mundo.. Fecha tudo.. e a marionete que vcs chamam de presidente vai seguir.. E vcs ficam igual trouxas discutindo.. brigando por causa de politico dee estimação.. E eles rindo de vcs e roubando milhões.. se aproveitando da situação
  • Etore Spirlandelli Netto
    02/04/2020 1 Curtiu
    Bom dia Existe em França pessoas que trabalhamem Ribeirão Preto onde o controle é menor que na nossa cidade, a pergunta é: Como é feito o controle dessas pessoas? Pois não adianta nada fazermos a lição de casa e o vírus sendo importado de outra cidade.
  • ALEXANDRE
    02/04/2020
    O que seria pior: Ver um filho morrer de covic19 ou ver seu filho te pedir algo para comer e você não ter como atender? Estamos em tempo de guerra e não podemos ser covardes, senão morremos sem lutar. Não parei de trabalhar, tenho pessoa idosa em casa, assim como uma neta de 3 meses, tomo vários cuidados, como deixar os sapatos do lado de fora, assim que chego em casa vou direto tomar banho, celular e outros objetos que usei durante o dia passo álcool gel em todos e assim vou tocando a vida. Tenho vários amigos que são autonomos e cá entre nós é só um refresco para não passar fome, mas e as contas: água, luz, iptu, aluguel. Para alguns a situação está ficando desesperadora.
  • Sandra
    02/04/2020
    Sinceramente as pessoas deveriam ter o direito de escolha. Se querem morrer de fome, infectados pelo vírus. Os indivíduos tem que escolher entre ficar em casa com saúde ou ficar em casa doentes, contaminando seus parentes.
  • Isabel Santos
    03/04/2020
    Essa senhora que está internada qual bairro ela mora eu gostaria de saber por favor alguém pode me informar por favor
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

25°
15°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: