11 de agosto de 2020

Franca

ALERTA

Médico da Prefeitura diz que Franca entrou no pico do Covid-19 e que próximos meses serão de muitos casos

O médico que atua na Vigilância Epidemiológica, comentou a evolução do Covid-19 na cidade durante live, na tarde desta terça-feira, 7.

Franca 08/07/2020 - da Redação
Foto de: Reprodução Instagram
Franca entrou, na semana passada, no pico da pandemia do novo coronavírus e deve ter nos próximos um ou dois meses uma quantidade muito grande de casos. A afirmação é do médico Prefeitura, Homero Rosa Júnior, que atua na Vigilância Epidemiológica. Ele comentou a evolução do Covid-19 na cidade durante live, na tarde desta terça-feira, 7.
 
Confira abaixo os pontos abordados pelo especialista:
 
 
Pico da doença
“O pico da doença, que todo mundo gostaria de saber, ele já começou na nossa cidade, desde a semana passada. Então, existe, comparando com as outras epidemias, uma projeção de que nós tenhamos nos próximos um ou dois meses uma quantidade muito grande de casos. Essa quantidade muito grande de casos deixa o vírus com uma potência maior de infecção e também de contaminação e, consequentemente, é esperado que tenhamos um número muito grande de casos internados”.
 
 
Sem vacina nem medicamento
“É uma epidemia inédita no mundo. Então, não temos várias respostas para várias perguntas. Nós não temos ainda medicação específica para poder tanto prevenir, de maneira segura para todo mundo, como também para poder tratar as pessoas que já estão doentes, especialmente aquelas que estão internadas. E ainda não temos a perspectiva, em curto prazo, de ter uma vacina que seja segura e eficaz.”
 
 
Todos estão suscetíveis
“Os instrumentos, as ferramentas que nós temos para brigar com esta epidemia, por ela ser tão inédita... Todos os habitantes do mundo ainda não tiveram contato com o vírus. Até serem infectados, ninguém tinha memória de anticorpos. Isso faz com que nós estejamos suscetíveis a contrair o vírus em algum momento.”
 
 
Todos somos de risco
“Acontece que alguns grupos da população são de mais alto risco. De risco, todos nós somos. Isso é importante esclarecer, porque, principalmente, a população jovem tem entendido que só pessoas de grupo de risco pegam a doença, agravam e podem ir a óbito. Na verdade, não é isso. Grupo de risco são todas as pessoas. Nós temos pacientes jovens internados, entubados aqui em Franca.”
 
 
Numericamente confortável
“Numericamente pensando... Cada morte é um sofrimento absurdo para cada famílias. Mas os 12 óbitos diante da quantidade absurda de pessoas infectadas neste momento, nós podemos, estatisticamente, entender que Franca ainda está numa situação numericamente confortável. Comparando com outras cidades do mesmo porte, por exemplo, nossa vizinha Ribeirão Preto, que tem o dobro da nossa população, lá está com uma explosão de óbitos pelo Covid, absurdamente grande, de muito difícil controle.”
 
 
Reflexos de Ribeirão
“E como nós somos muito próximos a Ribeirão Preto, a gente acaba tendo a repercussão do que acontece lá acontece aqui também. Isso faz com que tenhamos uma preocupação muito grande, porque estamos em um momento crítico da epidemia na nossa cidade. A quantidade de casos internados, a quantidade de casos graves e a quantidade de óbitos têm uma tendência epidemiológica a crescer bastante nas próximas semanas. Talvez na projeção de quatro ou oito semanas.”
 
 
Poucos leitos de UTI
“E todos sabemos que Franca, tradicionalmente, tem uma quantidade pequena de leitos de UTI. Então, este é o momento de todos nós unirmos forças, não só o Poder Público Municipal, mas toda a sociedade, inclusive a região toda nossa, que se beneficia do atendimento da Santa Casa, para que nós tenhamos capacidade de oferecer àqueles pacientes muito graves uma condição de lutar contra a morte.”
 
 
Vírus totalmente desconhecido
“Este vírus tem comportamento incerto em todos nós. Há tantas pessoas gravemente afetadas que conseguem sobreviver. E também, ao contrário, pessoas extremamente sadias que, em determinado momento, pegam o vírus, pode agravar e ir a óbito em poucos dias. Então a ciência está construindo conhecimento, após cada dia. Nós entendemos que precisamos conhecer muita coisa, mas ainda é um vírus totalmente desconhecido.”


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Luis
    08/07/2020 5 Curtiram
    Tem um detalhe. Ribeirão uniu a Guarda Municipal, Polícia Militar e vigilância sanitária para apertar a fiscalização. E aqui, qual providência foi tomada ?
    • Evandro
      08/07/2020
      Nenhuma aqui não tem comando de nada
    • Eu
      08/07/2020
      Aqui, pelo que eu saiba, disseram que não tem funcionários suficientes para atender as denúncias.
  • SAULO
    08/07/2020 1 Curtiu
    ENTAO FICAMOS 3 MESES EM CASA SEM TRABALHAR PRA NADA
  • Verdade
    08/07/2020
    Aqui não pode nem contrata e lá é dobro de gente é tá um caos meu amigo o poder público de lá só sabe ir pra mídia mas providencia zero compara Fraca com lá peloamor de Deus posso falar porque toda semana to lá nós estamos no céu
  • Elenice
    08/07/2020 6 Curtiram
    Diante dos esclarecimentos que todos os especialistas em saúde e ciência tem nos dado, mais uma vez fica claro que a população precisa colaborar, fazer o ISOLAMENTO SOCIAL, USAR A MÁSCARA DE MANEIRA CORRETA, E HIGIENIZAR AS MÃOS. O povo precisa compreender que o momento é de dificuldade mundial e Franca não é diferente de nenhum outro lugar. Portanto, EVITE SAIR DE CASA SE NÃO FOR EXTREMAMENTE PARA O ESSENCIAL A SUA SOBREVIVÊNCIA. Ainda há tempo de evitar o colapso hospitalar e funerário que ocorreu em outros lugares, sejamos conscientes!!!! Se a situação se agravar ainda mais, veremos pessoas morrer sem nenhuma assistência, veremos gente chorando, gritando, apelando nas portas dos hospitais da cidade que nada poderão fazer. Ai a revolta vai tomar conta e como sempre alguém será o culpado, o prefeito, o médico, o governador, o PT e etc. Nessas horas esquecemos que temos a nossa parcela de culpa em tudo que acontece em nossa sociedade. A gente não deve esquecer que o vírus ganha espaço e avança de forma avassaladora quando pessoas inconsequentes se colocam em risco se contaminam e saem espalhando essa doença.
  • Carlos
    08/07/2020 6 Curtiram
    agora que entrou no pico?? aqui em Franca ta tudo fechado desde março, deste jeito não tem economia que aguenta... tem que orientar a população, usar mascara e higienizar tudo, e tocar a vida... não da pra ficar esperando a vontade do vírus, é triste que haja mortes, e alguns casos gravas, mas infelizmente não tem como parar tudo....
  • Então
    08/07/2020 1 Curtiu
    3 mês fechou nada a cidade está andando tudo aberto tem do até o comentário do rapaz aí falando q não tem fiscal tem do a cidade ainda nem chegou no pior depois vai ficar reclamando que não tem leito médico e pondo a culpa em vereadores e prefeitos
  • getulio gonçalves de sousa
    09/07/2020
    Tudo o que este médico falou estamos cansados de ouvir todo dia na mídia. São milhares de especialistas pra dizer que a doença é desconhecida. Haja especialista. Eu não conheço o médico que deu entrevista e lamento profundamente que alguém venha a público falar em nome da Prefeitura de Franca. Quem deveria estar falando à população deveria ser o sr. prefeito ou ao menos estar junto do médico para dar credibilidade á sua fala. Desculpe a ignorancia doutor, mas o que o senhor disse está sendo dito toda hora aí pelas TVS funerárias do Brasil. Lamentavelmente...
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

29°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2288
    Sorteio: 02, 26, 35, 39, 40, 56 Data: 11/08/2020
  • Quina: 5336
    Sorteio: 18, 35, 72, 77, 80 Data: 10/08/2020