03 de agosto de 2020

Franca

FARTURA

Traficante é preso com cerca de 10 quilos de maconha no São José

O homem, que já possuía passagens pela polícia, foi levado até a sede da Dise, onde foi preso em flagrante.

Franca 20/07/2020 - Kaique Castro, especial para o GCN
Foto de: Kaique Castro/Comércio da Franca
Um traficante de 31 anos foi preso pelos investigadores da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) na noite desta segunda-feira, 20, com 14 tijolos de maconha. A apreensão aconteceu em um ponto de venda de drogas no bairro São José.

De acordo com o delegado da especializada, Alan Bazalha, o homem estava sendo investigado há cerca de duas semanas por tráfico de drogas. Um ponto de venda de entorpecentes no bairro São José e outro ponto no Jardim Ângela Rosa foram identificados pelos investigadores.

Após a confirmação de crimes nos locais, o delegado solicitou um mandado de busca e apreensão, que foi realizado nesta segunda-feira, 20.

Na residência do Jardim Ângela Rosa nada de ilícito foi encontrado. Já na casa do São José, os policiais encontraram 14 tijolos de maconha e produtos para a embalagem da mesma.

Cada tijolo de maconha está avaliado em cerca de R$ 1.500. 

O homem, que já possuía passagens pela polícia, foi levado até a sede da Dise, onde acabou preso em flagrante.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Agnaldo Chieregato
    21/07/2020
    Por gentileza, corrija o texto, doeu ver escrito \"cede\" quando deveria ser \"sede\". Muito grato.
    • GCN
      21/07/2020 1 Curtiu
      Tem razão. Erros acontecem. Mas alguns erros são muito feios. Esse foi um deles. Mas foi corrigido.
  • Livia
    21/07/2020 4 Curtiram
    Nossa o português do GCN está cada vez pior. Não ofendendo ninguém, mas um curso de português básico melhoraria o trabalho dos \"jornalistas\". Erros de português não podem acontecer quando sua profissão é escrever. Entendo que a culpa é do projeto Paulo Freire de educação, mas aprender a escrever corretamente reforçaria a credibilidade do jornal e qualificaria os \"jornalistas\".
  • Lívia
    21/07/2020 5 Curtiram
    Traficar pode. Mas o cidadão de bem não pode trabalhar. Porém traficar está liberado. Enquanto isso o trabalhador tem que ficar em casa.
  • Rafael Rigoni
    21/07/2020
    Essa guerra contra as drogas, sem fim, gasta dinheiro público que poderia estar indo pra educação, ou para alguma investigação realmente relevante para sociedade. Droga sempre vai existir, como é de fato desde o início da história. O preço da droga vai aumentar para o usuário, que não vai diminuir seu uso, e segue o ciclo.
Veja mais Polícia

CLIMA EM FRANCA

24°
11°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2285
    Sorteio: 01, 07, 10, 12, 33, 42 Data: 01/08/2020
  • Quina: 5329
    Sorteio: 12, 31, 36, 52, 74 Data: 01/08/2020