25 de setembro de 2020

Franca

INVESTIGAÇÃO

Investigações apontam pai como principal suspeito de matar filho com facada no Jardim Aeroporto

Uma testemunha chave informou que o portão da residência estava fechado durante o crime, o que coloca o pai como a única pessoa que estava dentro da casa.

Franca 20/08/2020

O setor de homicídios da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) está perto de esclarecer o crime que terminou com a morte de Alzemir Oto, de 50 anos, no último dia 7 de agosto, na rua Ivete Vitoriano de Paula Garcia, no Jardim Aeroporto III, zona sul da cidade. Os investigadores acreditam que o pai de Alzemir, um homem de 75 anos, cometeu o crime em um dos fins de semana mais sangrentos do ano em Franca.

Para o delegado Eduardo Lopes, a história contada pelo pai no dia do crime, que o filho havia chegado ferido e caído no corredor da residência, não é verdadeira. As investigações apontam que em nenhum momento Alzemir saiu de sua residência.

“Na investigação ficou claro que o filho dele não chegou correndo sangrando em casa, muito pelo contrário, ele estava no interior da residência discutindo com o pai. Essa história que ele conta que o filho chega ferido é fantasiosa, acredito naquele momento para encobrir o crime que tinha cometido”, disse o delegado.

Ainda segundo Eduardo Lopes, uma testemunha chave informou que o portão da residência estava fechada durante o crime, o que coloca o pai como a única pessoa que estava dentro da casa.

 “O portão só se abre com a chave, porque não tem maçaneta e só estavam os dois no imóvel. Por volta do meio-dia houve uma discussão entre eles. A Polícia Militar só foi acionada por volta das 15 horas, então isso demonstra o envolvimento dele no crime. Uma faca foi apreendida em cima de uma pia, já limpa, assim como chão onde a vítima foi encontrada. Todas as provas apontam que o pai que cometeu esse homicídio”, finalizou o responsável pela especializada.

O idoso foi ouvido na sede da DIG nesta quarta-feira, 19, e negou o crime. Ele alegou aos investigadores que não se lembra o que aconteceu no dia do crime. Agora ele deverá responder pelo crime de homicídio simples, em liberdade.

 

 

 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Wilson Silva
    20/08/2020
    O pai mata o filho com uma facada no peito, e vai ser julgado por homicídio simples? ???
Veja mais Polícia

CLIMA EM FRANCA

33°
22°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2302
    Sorteio: 18, 22, 25, 27, 43, 44 Data: 23/09/2020
  • Quina: 5374
    Sorteio: 08, 12, 28, 31, 34 Data: 24/09/2020