24 de outubro de 2020

Franca

SAÚDE

Falhas na distribuição de fraldas pela Prefeitura persistem há um ano

Idosos, cadeirantes, acamados e outros pacientes que precisam das fraldas distribuídas pela rede municipal enfrentam dificuldades para receber os pacotes; secretário de Saúde diz que aguarda a entrega pelas empresas.

Franca 16/10/2020
Heloísa Taveira
da Redação
Dirceu Garcia/GCN
o secretário de Saúde, José Conrado Netto, disse que fornecedores estão com dificuldades de produzir por conta da pandemia
As reclamações sobre a falta de fraldas na rede pública de saúde já se tornaram constantes. Neste mesmo período do ano passado, centenas de pessoas foram desassistidas por problemas na compra e entrega de novos pacotes. No início do ano, o portal GCN publicou que as falhas continuavam. E, nesta sexta-feira, 16, um ano depois das primeiras reclamações, o problema persiste. Neste período, há pacientes que sequer conseguiram um pacote.
 
Vani Alves Batista, de 60 anos, é uma paciente cadeirante e depende da ajuda do município para a aquisição de fraldas geriátricas desde 2006. Já sofreu com as falhas da rede diversas vezes. O mês de setembro foi um deles. “Um mês eu pego na Secretaria de Saúde e no outro na Farmácia de Alto Custo. No mês passado, toda vez que minha filha ia lá, nunca tinha”, disse Vani. 
 
“Só em outubro conseguimos pegar, mas fomos até o Alto Custo para tentar as fraldas de setembro, que são minhas por direito. A minha aposentadoria foi toda para isso (comprar as fraldas) e as minhas irmãs tiveram que me ajudar. Eles não quiseram nem ressarcir o dinheiro que gastei, o que não é justo, porque essa é uma verba que a Prefeitura tem para isso”, comentou. “Tem aqueles pacientes que têm condições de comprar, mas tem aqueles que não têm. Eu vivo na extrema pobreza mesmo, não tenho vergonha de falar.”
 
Maria de Fátima também procurou a reportagem para relatar o mesmo problema. “O meu pai tem 98 anos e é acamado. Ele precisa das fraldas, mas desde o começo do ano eu não consegui um único pacote”, comentou. “Isso porque é ano político. Se o prefeito não faz nem pela Saúde, ele vai fazer pelo o quê?”, indagou.
 
Em resposta, o secretário de Saúde, José Conrado Netto, disse que já foram feitas outras solicitações aos fornecedores. “Os pedidos das fraldas foram realizados e estamos aguardando as empresas entregarem. Devido à pandemia da Covid-19, as empresas estão trabalhando e nos entregando conforme a liberação da produção da fábrica”, afirmou.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

20°
18°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2311
    Sorteio: 03, 05, 09, 35, 43, 60 Data: 22/10/2020
  • Quina: 5398
    Sorteio: 09, 14, 37, 54, 80 Data: 23/10/2020