01 de dezembro de 2020

Franca

CASO WESLEY

Pais de Wesley oferecem R$ 5 mil por pista do filho e desmentem contratação de detetive

Pai do adolescente relata que, desde o desaparecimento do filho, eles vêm recebendo ligações de pessoas pedindo dinheiro para ‘libertar’ o garoto.

Franca 27/10/2020
N. Fradique
da Redação
Reprodução
Garoto Wesley está desaparecido há quase 60 dias
Os pais do garoto Wesley Pires Alves Filho, de 13 anos, desaparecido desde o dia 28 de agosto, estão oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem apresentar pista concreta que leve ao paradeiro do filho. 
 
O pai do menino, Wesley Alves, confirmou a oferta no início da noite desta segunda-feira, 26. A mãe do adolescente, Camila Alves, postou uma mensagem em sua conta no Facebook oferecendo o valor por uma pista. 
 
O dinheiro para pagamento por uma informação do filho seria doado por um parente da família. “Uma pessoa de minha família falou que vai doar esse dinheiro, R$ 5 mil, para quem apresentar uma prova concreta, (que leve a) um lugar que está Weslynho. Se uma pessoa mandar, e realmente resgatar meu filho de onde ele estiver, com quem ele estiver, em alguma cidade... (Se) Alguém falar vai lá, que ele está lá, o dinheiro será depositado na conta dessa pessoa. A gente não está prometendo uma coisa que não vai cumprir. Se está falando que tem os cinco mil, é porque tem”, explicou o pai do menino, desaparecido há quase 60 dias.
 
O pai do adolescente também disse que desde que Wesley desapareceu, eles vêm recebendo ligações pedindo dinheiro para "libertar" o garoto. "Eu tenho recebido ligações dizendo: 'eu tô com seu filho aqui e eu quero cinco mil de recompensa, se não vou cortar o dedo dele, o nariz, a orelha'”, disse.  “Isso eu recebo todos os dias, toda hora. Então eu colocando lá (no Facebook) ou não colocando, eu já tenho essas ameaças, que alguém ‘sequestrou’ ele. Não vai ser assim, uma pessoa falando que está com meu filho, deposita lá, que eu deixo ele na esquina. Não vou cair nessa conversa, não. Eu fui lá, eu peguei ele, eu dou o dinheiro para a pessoa, discretamente, não vou envolver nem a polícia.”
 
Detetive
Nos últimos dias, os pais de Wesley também foram procurados por uma suposta detetive de nome Daiane. Inicialmente, ela pediu R$ 20 mil para encontrar o garoto. Dias depois, a "detetive" baixou a proposta para R$ 10 mil. Por fim, encerrou com um pedido de R$ 2 mil pelo “trabalho”. 
 
Segundo Wesley Alves, a "detetive" teria afirmado por redes sociais e grupos de Whatsapp que a família a teria contratado. O pai do menino desmentiu a informação nesta segunda-feira. “Há um mês ela pediu vinte mil para colocar a equipe dela pra encontrar Weslynho. Falei pra ela que não tinha esse dinheiro. Passou alguns dias e ela disse que faria por dez mil. Voltei a falar que não tinha dinheiro. Aí, ela deixou por dois mil, dizendo que depois de encontrar (Weslynho) a gente vê... Mas não respondi. Ela insistiu e ficou entrando em contato. Então eu recusei novamente, porque conversei na delegacia e eles falaram que eles estão investigando. Que não precisaria disso, porque o que ela teria é o que eles (policiais) têm. Eu não contratei os serviços dela como ela está falando. Não contratei.” 
 
Em um determinado momento da troca de mensagens, a "detetive" chegou a afirmar por áudios que sabia onde o menino estava, deixando a família esperançosa e aflita ao mesmo tempo. A Polícia Civil de Franca já está ciente das mensagens da “detetive” e deverá investigar o caso.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • alex.viana.x11@gmail.com
    27/10/2020
    Ele será encontrado eu creio
  • José Anrtonio Ferreira
    27/10/2020 3 Curtiram
    Como as pessoas são crueis,meu Deus!!!!! Usam da do desta familia para tirar dinheiro. Desde o primeiro dia que fiauei sabendo deste caso,eu tenho rezado para que ele seja encontrado e devolvido à sua familia. Não dá pra imaginar a dimensão desta dor!
  • Danilo
    27/10/2020
    Detetive? Faz me rir. Isso é trabalho pra Polícia.
  • Aline
    27/10/2020 2 Curtiram
    A que ponto chegou a humanidade. Eu, caso tivesse alguma notícia sobre o menino, jamais aceitaria dinheiro em troca e nem se passaria isto em minha cabeça. Minha satisfação seria a de ajudar a esta família em desespero e ver o menino bem e salvo. Apenas isso.
  • MANÉZINHO
    27/10/2020 2 Curtiram
    COMO EU DISSE DIAS ATRAZ , COMO TEM PESSOAS SEM-VERGONHAS E TAMBEM SEM VERGONHAS NA CARA, ISSO MESMO, SÃO DOIS ADJETIVOS E SUBSTANTIVOS DIFERENTES, SENDO O PRIMEIRO DE UMA PESSOA CANALHA,,DE MÁ INDOLE E A SEGUNDA COMO UMA PESSOA QUE NÃO TEM NEM UM POUCO DE VERGONHA NA CARA DE FAZER UMA COISA DESSAS, COM A FAMILIA DESSA CRIANÇA, UNS SE PASSANDO POR SEQUESTRADORES E OUTROS POR DETETIVES,DEIXEM ESSA FAMILIA EM PAZ, NÃO OS DEIXEM MAIS PREOCUPADOS DO QUE JA ESTÃO,. ESSA SUPOSTA DETETIVE DEVE ESTAR PASSANDO FOME, PARECENDO URUBU NA CARNIÇA, QUE FALTA DE CAPACIDADE DELA....SÓ DEUS MESMO
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

31°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2318
    Sorteio: 28, 44, 52, 54, 58, 60 Data: 14/11/2020
  • Quina: 5418
    Sorteio: 22, 35, 44, 53, 66 Data: 17/11/2020