26 de janeiro de 2021

Franca

CASO WESLEY

Desaparecimento de Wesley completa 3 meses; família tenta reconstruir a vida

Recentemente, os pais do garoto se mudaram para Restinga e estão vendendo lanches.

Franca 30/11/2020
N. Fradique
da Redação
Reprodução
O desaparecimento do garoto Wesley Alves Pires Filho completou três meses no último sábado, 28
O desaparecimento do garoto Wesley Alves Pires Filho completou três meses no último sábado, 28. O adolescente saiu de casa, no Jardim Aeroporto I, em Franca, na tarde do dia 28 de agosto dizendo que iria ao varejão e nunca mais retornou. À época, Weslynho tinha 13 anos, mas atualmente está com 14 anos.
 
Seus pais, Wesley Alves e Camila - mais duas filhas, uma de 15 e outra de 10 -, tentam reconstruiu a vida. Recentemente, eles se mudaram para Restinga e estão vendendo lanches para sobreviver. O ponto de comércio foi montado na garagem da própria casa, com entrega delivery e drive thru.
 
A prima de Wesley, Jacqueline Mello, disse à reportagem, nesta segunda-feira, 30, que os pais do estudante estão tentando seguir a vida normalmente, mas sofrendo muito por não terem notícias do filho. “Eles estão vendendo lanches na garagem da casa deles e pizza pré-assada. A própria Camila é quem está fazendo os lanches para vender. Eles não podem viver de doações e de favores, precisam viver, voltar a trabalhar.”
 
Jacqueline disse também que os pais continuam em busca de Weslynho. “Eles seguem procurando o garoto nas horas que eles não estão fazendo os lanches. Nos últimos dias, eles estiveram realizando buscar em Minas (Gerais, cidades próximas a Franca).”
 
Dias atrás, ao anunciar no grupo de WhatsApp “Grupo de Buscas” - criado pela família para reunir informações sobre Wesley - que haviam se mudado para Restinga e aberto um ponto de comércio, os pais receberam muitas críticas, com muitas pessoas contra a divulgação da lanchonete na rede social.
 
Chateados, Wesley e Camila postaram mensagens e saíram do grupo. “O meu filho sumiu, a vida de todo mundo continua até a minha tem que continuar. Água vence, luz vence, aluguel vence. O que a gente come, temos que comprar. Roupa para vestir, temos que comprar. Nada para na vida. É como morrer um familiar e no outro dia a gente tem que trabalhar”, postou o pai. “Eu estou vendendo os lanchinhos para ter uma renda e justamente para aqueles que me criticaram dizendo que eu estava vivendo de doação”, concluiu.
 
“O nosso propósito de colocar aqui no grupo as nossas coisas era pra mostrar a gratidão para vocês e com a ajuda que vocês nos deram estamos podendo organizar e montar um negocinho aqui na garagem de casa, pra eu poder trabalhar e ganhar meu dinheiro e sustentar as minhas duas filhas, trabalhando à noite e poder continuar procurando meu filho de dia”, disse a mãe do menino.
 
“Não temos o propósito de ganhar dinheiro ou fazer propaganda num grupo de buscas do meu filho, para catar dinheiro dos outros. Muito pelo contrário, eu só tenho gratidão. Só queríamos mostrar que está dando certo, que eu estou tentando superar e tentando correr atrás”, finalizou Camila, antes de sair do grupo.
 
A reportagem tentou falar com Wesley e Camila, nesta segunda-feira, para saber sobre os 90 dias do desaparecimento do filho, mas ambos não atenderam as ligações.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • MANÉZINHO
    01/12/2020 3 Curtiram
    ACHO QUE A REPORTAGEM QUE FIZERAM, FICOU INCOMPLETA, FALTOU COLOCAR O NUMERO DO TELEFONE PARA OS CLIENTES PEDIREM O LANCHE, EU MESMO SOU UM QUE VOU PEDIR, PQ GOSTO DE NO FINAL DE SEMANA COMER UM LANCHE
  • MERCIA LIGIA APARECIDA PIERONI
    01/12/2020 6 Curtiram
    Parece que não acaba nunca esses dicursos de falta de empatia pela vida humana. Ninguém quer perder seu filho pela morte ou pelo desaparecimento e querer ganhar em cima desse fato triste. Se coloquem no lugar dessa família e por favor mais lucidez na hora de comentar essas bobagens. O ser humano está ficando cada vez pior. Uma criança desaparece e os pais tem mesmo que sobreviver e fazer propaganda para sobreviver nos próprios grupos que estão procurando o menino. Que Wesley seja encontrado com saude.
  • Israel
    01/12/2020 5 Curtiram
    Olha como as pessoas são cruéis e gostam de viver de dramas... Qual mal a família tem em tentar seguir a vida... Fizeram bem em ter mudado, tirar as lembranças tristes... Achei excelente o plano de ação deles... Trabalhar por conta pra poder sustentar a casa e ainda continuar a procurar o filho... Muita insensibilidade desses francanos que tem merda na cabeça de achar que as pessoas só querem lucrar... Lucrar com o desaparecimento de um filho? Vocês tem o que na cabeça? Pelo amor de Deus, evolui povo!... Meus votos a família, eu creio que essa história toda de seu filho será esclarecida, mais cedo ou mais tarde, muita gente orando e procurando, e vocês não desistiram, só mudaram a estratégia e estão com a razão, ignorem essa gente insensata, continuem cuidando das filhas, pq do Weslynho Deus está cuidando e trará resposta!... Forças família!
  • Mineiro
    01/12/2020 1 Curtiu
    Infelizmente, quanto mais cedo aceitarem que o garoto está morto, menos difícil vai ser seguir a vida.
  • Juscilene Lima
    01/12/2020 1 Curtiu
    Só Deus sabe a dor desses pais. Continuem vivendo por sua familia Deus há de amapara-los sempre.
    • Rafael
      17/12/2020 1 Curtiu
      Sim, só deus sabe... ele que tá causando a dor
  • Vania
    01/12/2020 1 Curtiu
    As pessoas hoje em dia esta ficando à cada dia menos humanos, sem empatiacom o sofrimento do próximo, cheios de críticas como sendoos donos absolutos de suas verdades, esses pais tem razão a vida segueem frente, as contas não param ,a boca não fecha, estãode parabéns por conseguir ganhar seu dinheiro honestamente, e como eles disse não da pra ficar na dependência de doações
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

30°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2337
    Sorteio: 02, 09, 34, 49, 51, 55 Data: 23/01/2021
  • Quina: 5475
    Sorteio: 23, 37, 42, 46, 79 Data: 25/01/2021