20 de janeiro de 2021

Culinária

Chutney de figo seco

São um tipo de conserva, de origem indiana, feitos com frutas ou vegetais, açúcar se possível mascavo, sal de preferência rosa, gengibre na quantidade certa, pimenta ardida na medida do seu paladar, e todas as especiarias de que gostar.

Culinária 27/12/2020
Sonia Machiavelli
Especial para o GCN
Dirceu Garcia/GCN
Chutneys de figo
Ingredientes

  • 300g de figos secos picados
  • 1 cebola roxa picada
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 150g de açúcar mascavo
  • 200 ml de vinagre de vinho branco
  • 1/2 colher de chá de gengibre em pó
  • 1/2 colher de chá de noz moscada
  • 3 cravos-da-Índia
  • 2 paus de canela
  • Sal e pimenta a gosto

 

Chutneys, para os que não sabem (e com razão, pois faz pouco tempo que se tornaram conhecidos em nosso país), são um tipo de conserva, de origem indiana, feitos com frutas ou vegetais, açúcar se possível mascavo, sal de preferência rosa, gengibre na quantidade certa, pimenta ardida na medida do seu paladar, e todas as especiarias de que gostar, como cravo, canela, cominho, anis estrelado, etc. O resultado final de tantas camadas de sabor é intenso, agridoce, inequecível.

É a consistência que diferencia o chutney dos molhos e caldas também feitos com frutas e vegetais. Ele se parece mais com uma geleia. Utilizado como alternativa para aumentar a conservação de alimentos perecíveis através da adição de açúcar em sua elaboração, é iguaria cada vez mais usada na culinária internacional. Fácil de preparar, acrescenta aos pratos um pungente toque oriental. De acordo com os ingredientes empregados, pode acompanhar carnes ou ser servido como antepasto e pequenas entradinhas.

O chutney de abacaxi é excelente com carnes de porco e peru. O de manga, muito comum em regiões caribenhas, é servido com peixes e crustáceos. O de hortelã cai bem com carnes de sabor adocicado, como a de cordeiro. O de tomates combina com todos os tipos de carne, inclusive a vermelha, e pode incrementar um hambúrguer comum servido com carne e queijo. Lambuzar a batata frita nele é experiência mais interessante do que manter o tempero padrão, como mostarda e ketchup. Todos os aqui referidos vão bem sobre torradas ou com queijos.

 

O chutney de figo seco é excelente forma de aproveitar os frutos que sobraram das ceias de fim de ano. Tem um sabor maravilhoso e sobre torradas forma um canapé de excelência. É muito mais gostoso que a fruta em si. A mesma receita vale para tâmaras e você pode aproveitar e juntar os dois. Fica divino.

Veja como é prático. Corte em quatro os figos, deixe hidratar em água por meia hora e na mesma água cozinhe por vinte minutos. Escorra e reserve. Numa panela refogue a cebola roxa (cortada em cubinhos) no azeite até que murche. Junte o açúcar mascavo e deixe caramelizar de leve. Acrescente os figos escorridos, o vinagre, as especiarias, o sal, a pimenta. Mantenha em fogo bem baixo por uma hora, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo da panela. Depois de pronto, acondicione em vidro esterilizado e conserve em geladeira. Dura dois meses.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Receitas da Sônia

CLIMA EM FRANCA

28°
17°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2336
    Sorteio: 08, 10, 20, 27, 28, 50 Data: 20/01/2021
  • Quina: 5471
    Sorteio: 07, 27, 35, 39, 49 Data: 20/01/2021