12 de junho de 2021

Gazetilha

Protocolos inúteis

A diferença entre o ano que terminou e o que acaba de começar é que a vacina, antes mera perspectiva, é agora uma questão de tempo, apesar da relutância federal, capitaneada pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

Gazetilha 11/01/2021
Corrêa Neves Jr.
Diretor do Portal GCN

“Os hipócritas são como as tâmaras: o doce está fora, o mel nas palavras e o duro lá dentro, na alma”
Matéo Aleman, escritor espanhol

 

O ano de 2021 começou não muito diferente do que terminou 2020. Mortes diárias de covid-19 que se contam aos milhares no Brasil; países endurecendo as medidas restritivas como único recurso para frear o ritmo do contágio e dos óbitos; negacionistas apelando a argumentos medievais para rechaçar a vacina como solução; cientistas, médicos e profissionais de saúde, exaustos, numa dupla batalha – contra o vírus e contra a ignorância – na luta por salvar tantas vidas quanto possível.

A diferença entre o ano que terminou e o que acaba de começar é que a vacina, antes mera perspectiva, é agora uma questão de tempo, apesar da relutância federal, capitaneada pelo presidente da República Jair Bolsonaro, um ignorante orgulhoso que personifica como poucos o mantra do “faça o que eu falo mas não faça o que eu faço”. A última de sua Excelência, depois de desqualificar o quanto pode os esforços globais pela vacina e de dizer, em tom de despropositada brincadeira, que quem tomar alguns dos imunizantes prestes a se tornarem disponíveis corre o risco de virar “jacaré”, foi baixar a classificação de “ultrassecreto” - reservado para documentos que coloquem em risco a segurança do Estado e devem ser mantidos sob sigilo por 100 anos – sobre os dados de sua própria carteira nacional de vacinação.

Alguém tem alguma dúvida de que Jair, apesar de flertar com as teses conspiratórias que apontam as vacinas como uma espécie de potencial “arma biológica” que serve ao controle – ou extermínio – de populações, tomou todas as doses, direitinho, do Programa Nacional de Imunização desde que era criancinha? Não virou jacaré, obviamente, apesar de ter se transformado numa anta. Mas isso não foi culpa das vacinas. Tem mais a ver com o olavismo. Ou com algum azar genético. Muito provavelmente, com um pouco de cada.

Em Franca, Gilson de Souza (DEM) deu lugar a Alexandre Ferreira (MDB) no comando da prefeitura. O novo prefeito assumiu no meio do tsunami da segunda onda, que fez disparar o número de novos casos positivos diários, de internações e voltou a fazer das mortes pela covid rotina diária na cidade. Diferente do seu antecessor, que corria de qualquer decisão difícil mais rápido do que o Diabo foge da cruz, Alexandre assumiu para si, como convém, a responsabilidade. Disse, com todas as letras, que não vai fugir do problema e lançou a iniciativa Todos Contra o Covid. Tem repetido que acompanha a evolução da pandemia com atenção e defende a união da comunidade para superar a covid-19. É uma boa postura que, por si só, não garante o êxito. É preciso mais.

Desde que o governador João Doria (PSDB) lançou o Plano SP como principal instrumento para o enfrentamento do coronavírus, com níveis diferentes de restrições para cada região, definidos a partir dos indicadores de evolução da pandemia (casos, internações, óbitos, e por aí vai) e simbolizado por distintas cores, assistimos uma verdadeira batalha entre conscientes x negacionistas a cada etapa de classificação.

Todo o debate, invariavelmente, passa pela discussão sobre se bares, restaurantes e buffets podem abrir, sobre porque é mais legítimo que bancos e supermercados funcionem do que outros segmentos, se é melhor um período menor (para impedir o acesso) ou maior (para diluir o fluxo), ou ainda se o conjunto de normas preconizado para a volta às aulas tem condição de proteger a saúde de crianças, jovens, professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino públicos e particulares.

Nas últimas semanas, cheguei à conclusão de que esta discussão é completamente inútil. Não faz a menor diferença se estamos na fase Vermelha (mais restritiva) ou Verde (com a quase normalidade das atividades). Tanto faz autorizar seis horas de funcionamento do comércio, oito horas, doze horas... Pouco importa restringir a apenas 40% da capacidade dos estabelecimentos autorizados a funcionar ou liberar geral. Não muda nada estabelecer 20h, 22h, 23h como horário limite para o funcionamento de bares e restaurantes.

A verdade, pura e simples, é que as cores que simbolizam o Plano SP viraram um arco-íris ilusório. Ninguém segue coisa nenhuma. Não faz, na prática, a menor diferença estar classificado na fase Vermelha, Laranja, Amarela, Verde... Cada um tem feito o que quer. Contar com os protocolos é pior do que brincar de roleta-russa, uma inutilidade completa. Os conscientes tentam se proteger evitando, tanto quanto possível, frequentar os ambientes expostos. É o que resta, porque bom senso, prudência e responsabilidade andam passando longe.

Este último final de semana foi emblemático. No Polo, que se transformou em símbolo do deboche e desrespeito aos protocolos, a noitada sertaneja seguiu forte na última sexta-feira até 23h30 – e isso, apesar dos bares estarem proibidos de funcionar depois das 20h, e os restaurantes, após as 22h. Máscara, ninguém usava. Sentado, ninguém estava. E apesar disso tudo, a Polo operou como se protocolo não houvesse.

Na noite de sábado, bares e restaurantes do circuito Paulo VI, Champagnat, Alonso Y Alonso e Centro funcionavam sem qualquer pudor. Dentro dos estabelecimentos e no entorno, jovens desfilavam, em bandos, sem máscaras. Tudo isso, depois das 23h, horário em que, de acordo com o Plano SP, todos deveriam estar de portas fechadas. Ressalte-se: não falo aqui do pequeno boteco de um bairro periférico, difícil de ser percebido por quem quer que seja. São estabelecimentos localizados nas áreas nobres da cidade, reunindo centenas de pessoas e que, para piorar, não tem qualquer dificuldade em postar nas suas redes sociais a muvuca que promovem. Um acinte, para dizer o mínimo.

Nas lojas, especialmente as de comércio popular, vê-se muita gente aglomerada. O mesmo vale para supermercados, com filas gigantescas em caixas, estacionamentos e afins. Desconheço algum estabelecimento que esteja ainda contando quantas pessoas adentram no recinto, o que torna óbvia a constatação de que o limite de 40% da capacidade não é seguido por absolutamente ninguém. Se há momentos em que há pouca gente em algum lugar, é porque faltam clientes, não porque as regras do Plano SP impeçam.

Alexandre Ferreira tem dito que espera a adesão da comunidade a seu plano Todos Contra a Covid. Disse também que aqueles que não cooperarem, terão que arcar com as consequências de seu desrespeito. É uma tentativa válida, mas a julgar pelas conclusões de seu homônimo que governa Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), que mandou fechar tudo a partir desta segunda-feira depois de concluir que o diálogo não deu certo e que houve abusos, seria prudente o prefeito de Franca reforçar logo as equipes da Vigilância Sanitária e preparar os talões de autuação. É chato, mas é o possível para evitar o pior: tanto as mortes quando o fechamento de toda a economia.

A vacina está logo à frente, mas entre começar a imunização e todo mundo estar protegido, vão-se, na melhor das hipóteses, meses. Multiplicam-se as famílias que perderam seus entes ou que têm membros com sequelas após serem contaminados. O custo da inação é pago em vidas.

Nos meses que estão por vir até que estejamos protegidos, este é um preço alto demais a pagar, que será contabilizado, se nada mais for feito, nas centenas de mortos. Que Alexandre Ferreira faça a diferença que Gilson de Souza recusou-se a exercer, ainda que protestos e reclamações aconteçam. Afinal, como ensina Kalil no seu histórico pronunciamento feito no dia 6, “governar não é agradar. Governar é governar”. Não podia ser mais simples. Nem mais verdadeiro.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • darsio
    11/01/2021 1 Curtiu
    Excelente análise. Nada podemos esperar do boçal e demente que nos desgoverna em Brasilía e, as tais cores no mapa de São Paulo não servem nem para uma aula de cartografia. O problema está no comportamento de muitas pessoas que, agem como se a doença fosse de fato uma gripezinha e, se quer usam qualquer proteção. Ignoram o fato de que o sistema de saúde tende a não dar conta, sobretudo nos casos de internação. Pessoas ignorantes que debocham de seus pais e avós e, outros familiares com doenças crônicas, pois frequentam as baladas e festanças, enchem a cara de alcool e, para suas casas trazem o vírus . Creio que se todos utilizassem os protocolos, como o uso adequado de máscaras e a higienização das mãos, a economia não precisaria ser paralizada. Mas, não é o que acontece, pois esses ignorantes viram as costas para as comunidades científica e médica e, optam por acreditar num delinquente que, apenas os manipulam para se manter no poder e em se reeleger em 2022. Temo que o estrago não tenha mais concerto.
  • darsio
    11/01/2021 1 Curtiu
    Quero tecer mais uma observação: não é justo que a anta seja depreciada ao ser comparada ao bozo. Ela não merece isso, pois é mais inteligente e honesta. Afinal, se pudesse falar, nem a bosta gostaria de ser comparada a esse ser. E, no lugar de negacionistas, entendam bolsominions. Pois, de cada cem pessoas que acreditam na ideia de Terra plana, que demonizam a vacina e que rejeitam as ciências, cem deles são adoradores do mico, digo mito. E, sim! É verdade que a depender dos bolsominions, voltaremos para a idade Média, a idade das trevas, incluindo até mesmo o retorno da inquisição, por meio da qual cientistas serão queimados na fogueira acusados de bruxaria.
  • PHABLO ROBERTO DE FARIA
    11/01/2021 8 Curtiram
    Que postagenzinha mais esquerdista hein...como se todo mundo pensasse desse jeito
    • darsio
      12/01/2021
      Pensar! A quem você está se referindo? Afinal, esse verbo não se aplica aos adoradores do mico, digo mito. Afinal, as ciências (não a siêssia do alex) são capazes de nos comprovar a enorme limitação cognitiva por parte dos negacionistas. Além do mais, lhe sugiro ler alguma obra do demente olavo de carvalho. Vai concentrar o seu tempo nas asneiras ditas por aquele lunático. Vai!
  • Ricardo
    11/01/2021
    Irretocável, Sr. Corrêa Neves. Nos ajude a conscientizar a população .
  • Beltrame Custódio
    11/01/2021
    Por vezes venho até a pagina do jornal para fazer algum comentário cômico e sarcástico acerca dos fatos narrados pelas matérias e até mesmo dos comentários, mas a conclusão do texto é bastante semelhante a minha, ou seja, de que o plano são paulo e os protocolos são apenas uma ilusão criada para gerar uma falsa sensação de segurança na população. Por diversas vezes me pego pensando que se todos estivessem fazendo o mínimo (máscara, distanciamento social e higienizando as mãos) nós estaríamos vivendo uma situação bem menos desconfortável, mas, o nosso problema (e me incluo nisso, haja vista que sou Brasileiro, e Francano) é sempre achar que o nosso erro não conta e que se o fulano está descumprindo os protocolos isso me dá o DIREITO de descumpri-los também. Hoje em dia, errado é quem reclama do outro que está sem máscara, afinal os incomodados é que se mudem. Uma lástima.
  • Alex
    11/01/2021 4 Curtiram
    Difícil é explicar que o tal \"Plano São Paulo\", com uso de várias cores e níveis de restrições, além de muita siêssia, falhou fragorosamente, uma vez que nosso estado é responsável por 25% das mortes em decorrência da Covid-19.
    • Asdrúbal da Franca
      12/01/2021
      Quem acertou foi o seu Orangotango-Mito, que nada tem feito para evitar 200 mil mortes, além de também não fazer nada pela economia, né ô geniozão !!! O mundo todo errado e somente o Orangotango-ìdolo de uma cambada de mentecaptos aqui na Brazuca é que está correto! Tem que ser muito anta mesmo!!!
    • darsio
      12/01/2021
      Sua fala é digna do pensamento ruminante. Estude um pouquinho de geografia, ou melhor dizendo, demografia. O estado possui cerca de 42 milhões de habitantes, o que representa aproximadamente 20% da população brasileira. Logo, é de se esperar que o estado mais populoso possua o maior número de vítimas. E, olha que não estamos nos referindo a densidade demográfica, através da qual somente na Grande São Paulo concentra-se quase a metade dessa população e, obviamente também possui o maior número de casos. Mas, ignorânia a parte o que você quiz dizer com siêssia? Seria ciência? Poxa vida! Se mal sabe escrever ciências, certamente nem sabe o que ela significa e muito menos como ela se aplica na nossa sociedade. Cá entre nós alex! Voc~e é um daqueles que acredita que a vacina vai transformar a pessoa em jacaré. Não é verdade?
    • Alex
      12/01/2021 3 Curtiram
      Oi dudu.... Estava de férias? Fazia um tempo que não via comentários seus. Seu comentário tosco como sempre não passa de blá blá blá. O Seu comentário puldo, também não se sustenta e procure ver a quantidade de mortos por milhão e verás que nosso estado está disparado na dianteira dos demais e até mesmo de outros países, ou seja, encheu linguiça mas não respondeu nada. Está faltando siênssia, você precisa estudar mais, puldo letrado, pós letrado e aposentado. Me responda uma coisa, você está comprando gêneros alimentícios importados né? Já que os produtores nacionais são todos demagogos e não estão nem aí para o povo. Não seja hipócrita e nem covarde, carne só argentina ou uruguaia.
    • Asdrúbal da Franca
      13/01/2021
      Saudades de uma boa leitura, né Alex? Ironia ácida, análise arguta e elegante. Que vontade de escrever bem assim, hein meu caro!! Só não digo que lhe ensino, porque lhe falta o fundamental para isso: você ser alfabetizado. Eu estava por aí, me divertindo na árdua missão de civilizar orangotangos como você! Em tempo: só o fato de lhe irritar com meus comentários, já vale a semana! kkkkkkkk
    • Darsio
      13/01/2021
      Ficou nervosinho alex da siêssia? Não gosta de ouvir algumas verdades e, ao mesmo tempo constatar o quanto você é limitado cognitivamente? E, o Asdrúbal não estava de férias, pois seu sumiço foi por conta de que ele não tem entrado no curral para visitá-lo. E, aí quem é que está usando outro codinome e, até mesmo o meu, para espalhar asneiras? Você, o zerosmar, a lívia mariana? Quem? Pois se tem algo que um bolsominion entende é de falsidade.
    • Darsio
      13/01/2021
      Mas, alex da siêssia! É o que eu tenho dito meu caro. Numa economia globalizada, é natural que estejamos consumindo produtos de diferentes nacionalidades. Sendo assim, nos alimentamos com soja cultivada no Brasil, mas com sementes produzidas por laboratórios alemães ou estadunidenses e, adubada com fertilizantes feitos com fosfato importado da África. Ou ainda sob o controle de agrotóxicos, também de outras nacionalidades. Aliás, na sua siêssia existe transgênico? Eu defendo é o pequeno agricultor, pois ele sim necessita de maior apoio. Afinal, a quase totalidade dos nossos alimentos vem de suas propriedades. Tudo bem que você só come capim ou bagaço de cana, mas nós brasileiros necessitamos é de arroz, feijão, legumes, frutas, verduras e carnes. E, nada contra o grande agropecuarista em desejar lucrar, afinal somos uma economia de mercado. Desde que ele pratique suas atividades sem o comprometimento ambiental, que honre suas dívidas com os bancos públicos e , pague seus impostos como qualquer brasileiro. Vai um quitute de alfafa aí! Vai!
    • Alex
      13/01/2021 1 Curtiu
      Boa tarde dudu, realmente eu estava sentindo falta das bobagens que escreves, me divirto muito com elas e perguntei porque realmente estava sentindo sua falta, embora não acredites. Seus comentários não me irritam, mas você se irrita com os meus, basta ver o palavreado que utilizas, normalmente tentando diminuir seu adversário, se assim posso colocar. Continue comentando, adoro ver seu malabarismo intelectual. Quanto ao puldo, está fugindo pela tangente, falando de economia globalizada, transgêneros, etc, para não responder a pergunta. Se diz aliado dos pequenos produtores, mas duvido que vá à feira do produtor na Capelinha aos domingos, aliás duvido que soubesse de tal feira. Mas me diz aí puldo, pesquisou a quantidade de mortes por milhão de habitantes de nosso estado? Percebeu que seu governador não fez um bom trabalho na gestão da covid-19? Ou vai tentar um malabarismo intelectual também?
    • Asdrúbal da Franca
      14/01/2021
      kkkkkkkkkkkk...Não me irrito contigo Alex, apenas me divirto...Não imaginava que na segunda década do século XXI ainda existisse pessoas assim! Não diminuo o adversário, ele é que utiliza argumentos tão simplórios que, decididamente, não há como respeitar: seria anticientífico, anti-racional...É uma experiência antropológica para mim...kkkkkkkkk Fora Bolsonaroooooooooooooooo! Fora Bolsominions, atraso da nação !!!!!!!
    • Alex
      14/01/2021 1 Curtiu
      KKKKKK. Você me diverte dudu. É blá blá blá para cá é blá blá blá para lá, mas me diga onde seu governador acertou no combate ao coronga vírus? É burro, é isso, é aquilo, mas o foco da questão é ignorado por você assim como pelo puldo. É o famoso fugir pela tangente e tentar mudar de assunto para desqualificar meu comentário, mas a pergunta continua.
  • Waner
    11/01/2021 4 Curtiram
    Hum... Esse ano o Dória aumentou a grana para a propaganda né...
  • Marcos Souza
    12/01/2021 3 Curtiram
    Quem não quer pegar covid fica em casa e deixa os demais fazerem o que quer, quem não quer pegar Aids fica sem transar ou transa com preservativo, quem não quer morrer com as veias intupidas é só não comer carne gordurosa e nada de açúcar quem não se importa se esbalde, simples assim
    • Asdrúbal da Franca
      12/01/2021 1 Curtiu
      Quem não quer ser chamado de burro, abaixe as orelhas e fique caladinho! Deixar os demais fazerem o que quer? E depois, vou ter que frequentar o supermercado, o hospital, que esses demais irresponsáveis (nos quais vossa excelência jumentícia parece se enquadrar) também frequentam? Ou esses demais vão ficar entocados nos ranchos, mamando cachaça quietinhos, como exemplares pessoas de bem que são, sem contato com os demais seres racionais?
  • darsio
    12/01/2021
    É verdade que a causa maior está no deboche que parte da sociedade faz em relação ao vírus e seus efeitos. Também é verdade que, esses ignorantes fazem do bozo, um verdadeiro professor de insanidades, um deus de adoração. Mas, e o que dizer de pessoas como o jornalista do SBT, Stanley Gusman que, não se cansou de debochar da doença e de desafiar as autroridades quanto as orientações para se proteger do vírus? Um adorador do mico que, perdeu a vida por conta da doença. E agora, o que esse sujeito teria a nos dizer sobre a doença, esteja no céu ou no inferno? Bozo usa as pessoas para benefício próprio e, os trouxas não percebem isso. Trump induziu e motivou os seus adoradores a entrarem armados no capitólio para impedir a declaração de vitória de Biden. Quatro de seus fiéis seguidores morreram baleados e o que Trump fez? Nada! Isso mesmo. Ele nem faz ideia de que essas pessoas existiam. Aliás, ao passo que ele tende a conceder perdão a si próprio e aos filhos para evitar processos na justiça, o que ele fez em termos de ajuda aos seus seguidores que estão presos pela invasão? Nada e, nada é o que o bozo tende a fazer para os seus adoradores.
  • joão guilherme
    12/01/2021
    Ótima reportagem, o problema do Brasil somos nós, o brasileiro
  • José osmar
    12/01/2021 4 Curtiram
    Os Pademinions fala fica em casa ,a maioria são funcionários publicos,ou tem sua vida financeira resolvida,aí é muito cômodo e desumano,mas eu concordo que o distanciamento de 1,5m resolveria uma pequena ajuda ,mas o resto lock-down,máscara,não previne nada ,mas aquilo que realmente pode fazer a diferença não divulgam,que é manter os níveis de vitamina D,ter uma alimentação balanceada ,manter boas horas de sono,ter paz no coração,tudo isso funciona como um escudo de proteção,mas os Pademinions só querem atacar ao Presidente sendo que a maior culpa é dos governadores que receberam rios e agora desativaram vários leitos ,ao inviés de abrirem mais ,e aqui em São Paulo o governador além de manter o carnaval,que foi uma atitude que contribuiu para dissiminação vírus,teve o dispararate de aumentar o ICMS.ISTO é UM ABSURDO._.._.._._.._.
  • José osmar
    12/01/2021 2 Curtiram
    Mais uma vergonha Dorianica,apostou todas as fichas na vacina coronavca e sua eficácia é de apenas 50,4%,caiu do cavalo ,e agora Pandeminions fiquem na sua e parem de ficar passando pano para o Ditadória,não aprendem mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Hilariante kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    • Asdrúbal da Franca
      13/01/2021
      Façamos as contas: 50% menos chance de ter uma doença que pode se manifestar de forma severa e fatal é melhor ou pior que ter 100% de chance de ter a doença???? (haja vista que o Orangotango que governa o país não faz nada para resolver a questão de saúde pública a qual o mundo todo sofre e só ele e seus mentecaptos seguidores insistem em não ver)...Os orangotango-minions não sabem aritmética básica e se metem a pensar questões de saúde pública global, relações internacionais, etc...Que asnos! kkkkkk
    • Alex
      13/01/2021 2 Curtiram
      50% de chance de salvação usando uma coisa que custa quatro vezes mais caro que a concorrente e que tem eficácia melhor? Ai fica difícil dudu.
  • Darsio
    13/01/2021
    Não há razões plausíveis para depreciar o artigo, pois ao contrário disso, ele nos fornece uma leitura fiel e exata do que está acontecendo. A doença se propaga descontroladamente porque as autoridades políticas falham. Mas, falham também muitas pessoas que insistem em debochar da doença e de sua gravidade. Bozo deixou claro que não está nem aí pela saúde da população e, seus recuos se devem muito mais a pressões, inclusive internacionais. Ou você acredita que, caso no Brasil não haja vacinação, a Europa e os EUA permitirão a entrada de brasileiros em seus territórios? Quanto ao Dória, merece elogios pela preocupação em dispor de uma vacina em conter o avanço da doença, mas concomitantemente deve ser criticado e cobrado, pois muita coisa foi escondida sobre a eficácia do imunizante da Coronavac. Não me importa se a vacina seja de procedência comunista, neoliberal, liberal, socialista, anarquista etc. Me importa é que eu e todos aqueles que acreditam nas ciências e na medicina (eu disse ciências e não a siêssia do alex) tenhamos a possibilidade de nos protegermos com uma vacina segura e eficaz. E, no mercado ela já existe! Mais uma vez, parabéns pela qualidade do artigo, seja pela sabedoria que ele nos transmite, seja pela capacidade de compreensão que suas palavras demonstram.
  • Anderson Ribeiro
    13/01/2021 1 Curtiu
    Col(m)unismo militante/jornalismo militante
    • Asdrúbal da Franca
      14/01/2021
      Bolsonarista militante//Burrice galopante Jornalismo bom é representado por profissionais como Alexandre Garcia. Eles são neutros, imparciais...só falam bem do Bolsonaro porque ele é um estadista sem precedentes na história da humanidade, que consegue prever ou conhecer qualquer situação em razão de sua mente privilegiada! Isso não é militância, é compromisso com a verdade...Afinal, há muito deixaram de lado as fontes convencionais de informação e se valem sistematicamente do alto senso de análise de grupos do Whatsapp...Inovaram, se reinventaram!
  • José osmar
    13/01/2021 1 Curtiu
    Pelo que eu sei uma Vacina se baseia em 2 pilares fundamentais : SEGURANÇA e EFICÁCIA,agora se para tomar a vacina eu e não o laboratório que produziu a vacina tem que assinar um termo de responsabilidade por possíveis efeitos colaterais,sai fora meu nem o próprio laboratório sabe da segurança da vacina,Tô Fora deixa as cobaias irem na frente.Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    • Asdrúbal da Franca
      14/01/2021
      Você está certo Zerosmar, quem sabe tudo de segurança sanitária e também acerca de segurança e eficácia em vacinação é o ORANGOTANGO-MITO!!! Ele é o grande sábio que cantou a bola de que o número de mortes não iria chegar a mil aqui no Brasil (errou em 200 vezes, mas o que é isso diante da infinitude dos número naturais???) !!! Ele é o grande mestre que nos ensinou que era apenas uma gripezinha e que usar máscara é bobagem!! Chupa Harvard, MIT, Stanford, Oxford, Sorbonne,...O Orangotango-Mito deixa vocês no chinelo, ele é a encarnação de toda ciência em corpo de primata e cabeça de jumento!!!
  • Atila
    14/01/2021
    Lendo esses comentários, a única certeza é que estamos todos desesperados, e não sabemos em quem acreditar ou confiar.
    • Asdrúbal da Franca
      14/01/2021
      Se você acha que é possível acreditar na fala do Orangotango-Mito, isso já mostra muito de sua capacidade cognitiva e do seu caráter! Não há dúvida nenhuma, apesar de ser correta a percepção de desespero! (muito desse desespero causado por um jumento dirigindo a nação e dizendo que a pandemia não é um problema)
  • José osmar
    15/01/2021 1 Curtiu
    O Asdrubinho nos mostra 1 trabalho científico que prova que a máscara previne o Covid ,posso até estar errado se estiver eu faço o mea culpa porque eu tenho humildade para isso.
    • Asdrúbal da Franca
      16/01/2021
      kkkkkkkkkkk...Zerosmar, me diga um periódico científico que você conhece que lhe mostro o trabalho científico...Mermão, será que depois de toda essa tragédia acontecendo em Manaus e em todo o país, caras como você ainda insistem nessa pataquada? Desse jeito, vou pensar que já não é mais caso de hospício ou volta à pré-escola, mas caso para prender!!
    • Asdrúbal da Franca
      16/01/2021
      Taí Zerosmar, eis o artigo científico publicado na The New England Journal of Medicine (N Engl J Med 2020; 383:e101): \"Facial Masking for Covid-19 — Potential for “Variolation” as We Await a Vaccine\", de autoria de Monica Gandhi e George W. Rutherford. Você consegue acessá-lo nesse link: https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMp2026913. Agora, se for contestá-lo, por favor, utilize um periódico científico do mesmo nível. Não me venha com pataquadas do esgotão do zap ou do Facebook.
  • Darsio
    16/01/2021
    Asdrúbal! Você percebeu o quanto o alex tem se esforçado em se passar por um alfabetizado? Mas, Asdrúbal o que ele pretendeu dizer com siêssias? Seria ciências? Estaria ele sob efeito de cloroquina e das aulas do professor ruminante, bozo? Ou ele teria ingerido um cogumelo com efeitos alucinógenos no momento de mastigar um bocado de capim? E, a alucinação é tamanha que vive dizendo que somos defensores do Dória. O que você acha desse novo perfil dos currais?
  • Darsio
    16/01/2021
    Temo que a situação caótica de Manaus se espalhe por todo o país. Essa desgraça de presidente teima em ridicularizar o caos no Amazonas. Enviou toneladas de cloroquina e vermífugo, exigindo tratamento precoce da população, mas mesmo tendo sido solicitado precocemente, não enviou um único cilindro de oxigênio. O resultado foi que muitos morreram por asfixia. O Dr Anfremon D\'Amazonas, médico intensivista do hospital universitário Getúlio Vargas, constatou que todos os internados haviam tomado a tal cloroquina e, que isso não surtiu um único efeito positivo. As mais respeitáveis revistas científicas do mundo (eu me referi a ciências e, não a siêssia do alex) já publicaram inúmeros estudos comprovando a ineficácia da cloroquina no combate ao coronavírus. Os mais importantes hospitais brasileiros também já lançaram nota sobre alertando para essa mesma conclusão. E, mesmo assim essa merda de presidente importou milhões de doses de cloroquina e, desesperadamente tem feito de tudo para sumir com os estoques, mesmo que precise colocar goela abaixo dos brasileiros. Trump que, também ridicularizava a doença e receitava cloroquina, se viu em maus lençóis quando contraiu a doença e, teve de se submeter a tratamento médico enormemente cuidadoso e com outros medicamentos. Isso mesmo! Nada de cloroquina no ruminante do Trump. Certo de que a cloroquina não fez qualquer efeito para a sua própria saúde, ele enviou para o Brasil mais uma grande quantidade de cloroquina, algo prontamente aceito pelo seu vira-lata, o bozo. Agora a desgraça do bozo tem feito de tudo para impedir a vacinação da população, algo já iniciado por 55 países. Tudo bem que os bolsominions já estejam vacinados com ivomec, mas as pessoas dotadas de razão estão completamente abandonadas por esse governo assassino. Impeachment já!
  • Darsio
    16/01/2021
    Bozo liberou a importação de armas, mas há alguns dias antes do sistema de saúde de Manaus entra em colapso, ele havia aumentado os impostos para a importação de gases para uso medicinal. Obviamente, a pressão foi maior e, ele teve de isentar os gases do pagamento de tarifas aduaneiras. Mas, o estrago já estava feito, muitos pacientes morreram por asfixia. E aí galera! Vamos fazer arminha?
  • Darsio
    17/01/2021
    Caro Asdrúbal! Mais uma vez os bolsominions, além de mentirosos e dementes, nos dão mais uma prova de que não são capazes de manter a palavra. Bozo e seus adoradores utilizaram-se de muitos adjetivos para desqualificar a vacina da coronavac, em que várias vezes diziam ser algo perigoso por ser feita por comunistas. Agora, desesperadamente o bozo certo de que não terá a vacina da Oxford nessas próximas semanas, emitiu nota por meio de seu capacho no ministério da saúde, determinando o confisco de todas as vacinas do Butantan. Oras! Mas elas não transformam a pessoa em jacaré? Não são perigosas por serem feitas por comunistas? Aliás, até o comunista Maduro doou cilindros de oxigênio a Manaus, diferente do que bozo fez ao abandonar sua população a própria sorte. Além do mais, bozo não deu um único centavo, pois elas foram pagas pelos contribuintes paulistas. E agora, os que os ruminantes aloprados vão dizer nesse espaço, meu caro Asdrúbal? Será que eles vão defender a troca da coronavac pela ivomec?
Veja mais Corrêa Neves Jr

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001