04 de março de 2021

Nossas Letras

Jazigo esquecido

“A infância é lugar da novidade triste /do pronto querer, da ânsia imaculada /do saber infinito/ onde margens não fazem sentido.” Estes são alguns dos versos de Baltazar Gonçalves no poema delicado e profundo, tocado por uma melancolia que poderia tingir todas as palavras de azul profundo.

Nossas Letras 23/01/2021
Baltazar Gonçalves
Especial para o GCN
A infância ainda é o melhor lugar

de refúgio e descoberta

do encoberto à vista

do familiar desconhecido.

Jazigo esquecido coberto de eras.

 

A infância é lugar da novidade triste

do pronto querer, da ânsia imaculada

do saber infinito

ondes margens não fazem sentido.

 

É o lugar da urgência premonitória

lugar da luz difusa onde as heras

se projetam como asas balançando

sobre um muro.

 

A infância é reduto para o incerto seguro

um caminho de folhas soprado pelo vento.

 

A infância é o lugar do medo em aberto

e a certeza absurda que um deus morto

depositado na relva velaria nosso sonho.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Textos

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001