10 de abril de 2021

Nossas Letras

Retratos da quarentena

“Após dias de intenso isolamento, nove escritoras se juntaram para relatar de modo criativo, inovador e não menos crítico, seus sentimentos, dores e perdas vividos na pandemia”.

Nossas Letras 13/03/2021
Joyce Nogueira
Especial para o GCN
Após dias de intenso isolamento, nove escritoras se juntaram para relatar de modo criativo, inovador e não menos crítico, seus sentimentos, dores e perdas vividos na pandemia por meio de contos harmônicos que deram origem ao livro “Retratos da Quarentena”, da editora Símbolo Artesanal.

Com coordenação editorial de Silvia Schmidt, também coautora (“Mesa redonda sob o signo do bestiário”), a obra conta com textos das escritoras Ana Mendes (“Palavreados, coronas e outros corações confinados”); Alexandra Vieira de Almeida (“Quarentena onírica”); Claudia Manzolillo (“Memórias de uma vida em quarentena”); Eliane di Santi (“Esquecimento”); Maya Falks (“Espaços fechados”); Rosália Milsztajn (“Dias de pandemia”); Sandra Godinho (“Relato de um sobrevivente”); e Teresa Drummond (“Se vira nos sessenta: a arte da reinvenção”).

Para Silvia Schmidt, o objetivo principal das autoras é externar para o público o impacto do isolamento social em tempo real, a experiência simbólica dentro do contexto, além das causas e consequências vivenciadas durante esse período.

“ As palavras perfeitas para definirem a coletânea são: “atitude, eficiência e arte”. Isto, porque o projeto inicial era desenvolvido para um concurso internacional, que exigia uma escrita histórica reflexiva e literária - comenta.

Silvia lembra ainda que a ideia da ilustração da capa, realizada por Alexa Castelblanco, é de uma senhora sentada em frente ao seu computador, simbolizando objetivamente a imagem de nossos dias em modo virtual tentando contato externo, participando de inúmeras lives e realizando trabalhos em home office. “Sem deixar de lado, é claro, o trabalho que, se virtual ou não, muitas vezes na rua, e no front destes dias tristes - tivemos como prática - a gosto ou a contragosto o #ficaremcasa”.

O prefácio, quase um novo conto, foi escrito por Alexandra Vieira de Almeida, Doutora em Literatura Comparada pela UERJ. Já a orelha, foi produzida por Maya Falks, escritora reconhecida por seu blog Bibliofilia no qual mantém conexão com nomes contemporâneos da Literatura Brasileira, além de ser autora do livro.

Link para comprar: @livrariamulherio no direct do Instagram



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Textos

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001