10 de abril de 2021

Culinária

Camarão na moranga

A moranga da foto acolheu um molho de camarões misturado a pedaços de cação. Temperado com alho, sal e limão, seu colorido vem também do molho de tomates e sua espessura do requeijão. Serve-se geralmente com arroz branco.

Culinária 14/03/2021
Sonia Machiavelli
especial para o GCN
Ingredientes

1 moranga de tamanho médio

1 copo de requeijão

½ quilo de camarão médio

6 camarões grandes (para decorar)

½ quilo de cação em cubos

3 colheres de azeite

3 dentes de alho bem picados

3 cebolas médias em cubinhos

6 tomates bem maduros picados em pedaços

1 limão siciliano

Sal, cheiro verde, pimenta-do-reino

A abóbora é um dos mais bonitos frutos encontrados o ano inteiro em nosso país. A variedade é grande. Temos a de pescoço comprido, cor impactante, apropriada para doces. A verdinha de vários tons, boa para bater com a ponta da faca e refogar rapidinho para ficar crocante. A de casca rugosa e formato arredondado, mais chamada de cabotiá, apresenta gosto adocicado e textura macia que permitem a elaboração de pratos diversos. Entre tantas, destaco hoje a moranga (ou moganga, como dizem os mineiros), de desenho inspirador para colocar algo dentro. Camarão, por exemplo. Camarão na moranga é festivo, elegante, lembra praia. A gente começa comendo com os olhos.

A moranga da foto acolheu um molho de camarões misturado a pedaços de cação. Temperado com alho, sal e limão, seu colorido vem também do molho de tomates e sua espessura do requeijão. Serve-se geralmente com arroz branco. Mas em Santa Catarina o acompanhamento é um risoto que substitui a camada de requeijão. Aliás, variam os recheios de acordo com as regiões: só peixe (tipo cação), frango desfiado, bacalhau em lascas, carne seca. Etc. As combinações desafiam a criatividade de cada um que se aventure pelos espaços da cozinha. Escolhi uma receita clássica, a partir da qual você pode fazer suas substituições.

Escolha a abóbora verificando a casca, que deve estar íntegra. Se quiser fazer porções individuais, as minimorangas são uma opção graciosa. O primeiro passo, depois de lavar bem a moranga, é cortar uma tampa com a ponta de uma faca. Em seguida retire as sementes e fibras. Há quem prefira cozinhar a abóbora numa panela grande. O mais usual é embrulhar em papel alumínio e levar ao forno por vinte minutos, até amaciar, o que se percebe espetando um palito. Assim a textura fica mais enxuta e o sabor adocicado não se perde.

Enquanto a abóbora assa, tempere os pedaços de peixe e os camarões já limpos com sal, alho limão e pimenta-do-reino. Reserve. Coloque o azeite na panela, doure o alho, acrescente a cebola, agregue os tomates partidos, com pele e sementes. Salgue de leve, tampe a panela e de vez em quando mexa, até formar um molho espesso. Junte o camarão e o peixe. Salpique o cheiro verde picadinho. A essa altura, a abóbora deverá estar macia. Retire do forno, espere amornar, remova com colher parte da polpa, sem perfurar a casca. Junte-a ao molho da panela e mexa delicadamente. Espalhe uma camada grossa de requeijão pelo fundo e parede



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Receitas da Sônia

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001