30 de julho de 2021

Brasil e Mundo

ESPERANÇA

Pfizer confirma que EUA vão comprar 500 milhões de doses de vacinas para doação

De acordo com o comunicado publicado pela empresa, as vacinas serão vendidas a preço de custo, sendo 200 milhões de doses entregues a partir de agosto de 2021 e 300 milhões no primeiro semestre de 2022.

Brasil e Mundo 10/06/2021
Eduardo Gayer
Estadão Conteúdo
Fernando Frazão/Agência Brasil
Mão segurando frasco de vacina da Pfizer.
A Pfizer confirmou nesta madrugada de quinta-feira (10) que os Estados Unidos vão comprar 500 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica em parceria com a BioNTech para doação a outros países. A informação foi adiantada ontem pela imprensa americana e deve ser confirmada ainda hoje pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em discurso antes do início da cúpula do G7.

De acordo com o comunicado publicado pela Pfizer, essas vacinas serão vendidas a preço de custo, sendo 200 milhões de doses entregues a partir de agosto de 2021 e 300 milhões no primeiro semestre de 2022. Os EUA devem distribuí-las ao mundo por meio do mecanismo Covax Facility, consórcio criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para diminuir a desigualdade no acesso a imunizantes contra o novo coronavírus.

"Nossa parceria com o governo dos EUA ajudará a levar centenas de milhões de doses de nossa vacina aos países mais pobres do mundo o mais rápido possível", diz o CEO da Pfizer, Albert Bourla, na nota. "A covid-10 impactou a todos, em todos os lugares, e para vencer a batalha contra esta pandemia, devemos garantir o acesso rápido às vacinas para todos", acrescenta.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Cissa Freitas
    11/06/2021
    Conforme noticia essa compra de vacina pelo EUA por meio do acordo COVAX FACILIT vão ser distribuídas ao países de baixa e media renda. O Brasil faz parte deste acordo, só que não está incluído nos 92 países beneficiários da doação. porque segundo a OMS alega que o Brasil tem condição de comprar a vacina. Se o Governo não agilizar essas compras, distribuição e imunização,. no próximo ano vai acabar acumulando, pessoas ainda sem a 2ª dose com os que vão vacinar novamente ( porque segunda Marcelo Queiroga- Ministro da Saúde. essa vacina vai ser anual. Conforme o andar da carruagem isso vai virar uma bola de neve. Tem que organizar agora, pois 2022 é ano político e de copa do mundo. portanto as preocupações governamentais vão ser outras.
Veja mais Brasil

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001