24 de julho de 2021

Brasil e Mundo

INDECISÃO

Bolsonaro diz não saber se vai ser candidato em 2022

Pesquisas eleitorais recentes têm revelado o derretimento da popularidade do presidente em meio a denúncias de corrupção na compra de vacinas contra a covid-19

Brasil e Mundo 3 dias atrás
Sofia Aguiar, Gustavo Côrtes e Matheus de Souza
Estadão Conteúdo
Reprodução/ Instagram
Presidente da República Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse não ter certeza sobre sua candidatura à reeleição em 2022 e evitou se lançar para o pleito do ano que vem. "Não sei nem se vou ser candidato", declarou em entrevista na manhã desta quarta-feira, 21, contra o movimento de formação eleitoral pelos seus possíveis adversários.

"Tem um candidato aí que se lançou, eu não me lancei ainda", afirmou o presidente. Em críticas à imprensa e à veiculação constante de críticas ao seu governo, o presidente pontuou esse "outro candidato", em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), "já falou e continua falando que vai fazer o controle social da mídia, interferir nos currículos das Academias Militares e promover os oficiais generais por um critério democrático".

Bolsonaro ainda repudiou as falas de seu possível adversário no pleito de 2022, que criticou o bloqueio econômico dos Estados Unidos ao governo de Cuba. "Se Cuba ama tanto o socialismo, por que ele acusa o americano de fazer embargo, que é um país capitalista?", perguntou o presidente. "Bem, é uma história muito longa por aí", disse.

Pesquisas eleitorais recentes têm revelado o derretimento da popularidade de Bolsonaro em meio a denúncias de corrupção na compra de vacinas contra a covid-19. O mais recente golpe sofrido pelo governo foi a divulgação de vídeo no qual o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello aparece em reunião com intermediários da compra de doses da vacina Astrazeneca. O material contradiz o depoimento do antigo chefe da pasta, que disse não ter participado de tratativas pela aquisição dos imunizantes por questões éticas.

Urna eletrônica

O presidente também voltou a falar contra o atual sistema eleitoral e prometeu uma transmissão ao vivo, para a qual a imprensa também será convidada, para provar que houve fraudes nas eleições de 2014. Derrotado naquele pleito, Aécio Neves (PSDB-MG), já descartou a hipótese de irregularidades na apuração dos votos.

Segundo Bolsonaro, a transmissão ocorrerá no fim da semana que vem. "Não pode ser essa semana, porque o apresentador estava com covid, demos azar", concluiu.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Darsio Batista
    2 dias atrás
    Tá bom! Vou me passar por um idiota e acreditar nisso. Afinal, desde que tomou posse, esse GENOCIDA ignorou a administração do país e só pensou na reeleição. Se fosse verdade, a democracia, o meio ambiente, os direitos humanos, a ciência, a educação etc ficariam eternamente gratos.
  • José osmar
    2 dias atrás
    Matéria Falaciosa é o que a Mídia sabe fazer.Existe corrupção sendo que não se comprou nenhuma ampola da vacina ,e não foi pago nenhum centavo?Essa CPI é uma piada investigar os milhões desviados pelos Governadores eles não querem não né? Pura Hipocrisia.
Veja mais Brasil

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001