18 de setembro de 2021

Opinião

ARTIGO

O maior exemplo de renúncia

“Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me”. (Mateus 16.24)

Opinião 05/09/2021
Pastor Isaac Ribeiro
Especial para o GCN
Arquivo/Redes Sociais

 

“Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me”. (Mateus 16.24)

Quando analisamos esta fala de Jesus, aprendemos que a única forma de seguir a Jesus é renunciando a nós mesmos. Aliás, Jesus tem crédito para dizer o que disse, pois Ele é o maior exemplo de renúncia que temos.  A submissão de Jesus ao Pai é um exemplo de como todos nós deveríamos viver. Você pode dizer: “Mais Jesus era Deus na forma humana. Sua vida estava entregue antes mesmo de vir a Terra”. É verdade, mas a vida de renúncia não é imposta a ninguém, incluindo Jesus. Cristo pronunciou estas palavras sendo um homem de carne e osso. Afinal, Ele veio ao mundo não para viver como Deus, mas como ser humano. Ele viveu a vida do mesmo modo que nós. E, como nós, tinha vontade própria. Ele optou por entregar esta vontade totalmente ao Pai: “Por isso o Pai me ama, porque dou a minha vida para reassumi-la. Ninguém a tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou. Tenho autoridade para entregá-la, e também para reavê-la” (João 10.17-18). Jesus estava nos dizendo: “Não se enganem. Este ato de auto entrega está totalmente sob a minha vontade. Estou optando por dar a minha vida. E não estou fazendo isto porque alguém me disse para fazê-lo. Ninguém está tomando a minha vida de mim. Meu Pai me deu o direito e o privilégio de entregá-la. Ele também deu a opção de passar de mim este cálice e evitar a cruz. Mas escolho fazê-lo, por amor e completa submissão a Ele”.

Caro leitor, nosso Pai Celeste deu a todos nós este mesmo direito.  O privilégio de escolhermos uma vida de renúncia, ou não. Ninguém é forçado a abrir mão de sua vida para Deus. Nosso Senhor não nos faz sacrificar nossa vontade, devolvendo-lhe nossas vidas. Ele nos oferece livremente uma terra prometida.  Mas podemos optar por não entrar neste lugar de plenitude. A verdade é que podemos ter tanto de Cristo quanto quisermos. Podemos nos aprofundar nele ou não.  É claro que toda escolha tem suas consequências. Existem muitas pessoas que acham difícil submeter-se a Cristo. Todavia, acabam se colocando debaixo de um jugo bem mais pesado, e consequentemente, se tornam vítimas daquele que veio para matar, roubar e destruir. (João 10.10). O que dizer de uma pessoa que entra pelos caminhos das drogas, do alcoolismo, da prostituição e outras mazelas da época?  Será mais difícil, abrir mão destes prazeres efêmeros, que só servem para nos destruir, do que nos submeter a Jesus?  Que ao contrário de Satanás, veio para nos dar vida e vida com abundância?  Portanto, renunciar a nós mesmos, em detrimento de Jesus, só nos faz bem. Esta é a melhor escolha que alguém pode fazer na vida. Sendo assim, concluímos lembrando as palavras de Jesus:Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me”.

 Deus vos abençoe.

 

 

 

 

 

 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Pastor Isaac Ribeiro

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001