17 de janeiro de 2022

Culinária

RECEITAS DA SÔNIA

Minibolo de Banana

O minibolo é ideal para um casal ou para quem mora só e não quer correr dois riscos: comer um bolo inteiro de uma vez, ou desperdiçar a metade porque fica com a consciência pesada pela culpa.

Culinária 02/10/2021
Sonia Machiavelli
especial para o GCN
Massa

  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de margarina
  • 3/4 xícara de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 xícara de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 colher (sopa) de fermento
Cobertura

  • 1/2 xícara de açúcar
  • 3 bananas
“Mudam-se os tempos, mudam-se as quantidades.” Poderíamos começar assim esse preâmbulo culinário, plagiando um verso de Camões que na verdade diz assim: “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades”. É que o tamanho da família brasileira mudou, ela ficou menor. Segundo as pequisas que a cada dois anos faz o IBGE, o número de filhos está na média de dois e há milhares de pessoas morando sozinhas. E se a restrição calórica virou um mantra, ainda há gente “normal” que não consegue ficar sem um pedaço de bolo no final da tarde, quando o café aparece para revigorar o ânimo que vai esmorecendo.

Para essas é que destino o bolo de hoje. Ele é pequeno, metade do tamanho clássico no Brasil, onde todas as receitas são pensadas para quatro pessoas no mínimo, ou seja, uma família de pai, mãe, dois filhos. O minibolo é ideal para um casal ou para quem mora só e não quer correr dois riscos: comer um bolo inteiro de uma vez, ou desperdiçar a metade porque fica com a consciência pesada pela culpa. E como as formas também parecem existir para acolher porções generosas, que tal criar a partir de outras vasilhas de alumínio ou mesmo pirex? O bolo da foto foi assado numa pequena marmita e ficou bem charmoso. Saia da caixinha que leva quase sempre à forma de buraco, da assadeira comprida, do pirex muito fundo. Busque na sua cozinha novos continentes para novos conteúdos. Isso costuma ensejar alegria.

Comece a preparar seu minibolo pela cobertura. Despeje o açúcar na forma escolhida e leve ao fogo até que esteja completamente derretido, mas dourado. Não deixe o açúcar queimar; isso estragaria o sabor, amargando-o. Em seguida, corte em rodelas de 1 cm as bananas e disponha-as sobre o açúcar caramelizado. Reserve. Passe à massa.Separe claras de gemas. Bata as claras em neve e reserve. Em outra tigela, bata os ovos com a margarina e o açúcar. Peneire a farinha e a acrescente aos poucos intercalando o leite, o sal e o fermento. Por último, misture as claras em neve bem delicadamente, de baixo para cima, para que o ar penetre na massa, tornando-a leve. Despeje a massa na forma caramelizada com as bananas em rodelas. Leve ao forno alto (180° C), preaquecido, por 30 minutos.Use o palito para verificar se assou bem.Desenforme morno.

É uma delícia para servir com café. Mas se você quiser sofisticar um pouquinho, pode deixá-lo úmido molhando-o com uma calda de canela. É só misturar ½ xícara de água, ¼ de xícara de açúcar e 1 colher (sobremesa) de canela em pó. Leve essa mistura ao fogo numa panelinha e ferva em fogo baixo até obter uma calda fluida e homogênea. Deixe esfriar e cubra o bolo, formando um bonito desenho entre as rodelas de banana e o caramelo.

Sônia Machiavelli é escritora e editora do GCN.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Receitas da Sônia

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001