22 de outubro de 2021

Franca

BAGUNÇA

Praça da Capelinha fica tomada de sujeira após encontro de cavaleiros

O chão ficou abarrotado de fezes, aumentando o mau cheiro. Outro problema foi o consumo desenfreado de bebida alcoólica. Muitas pessoas descartaram copos e garrafas na praça após o consumo.

Franca 14/10/2021
Pedro Baccelli
da Redação
Pedro Baccelli/GCN
Fezes de cavalos, copos e garrafas de bebidas alcoólicas ficaram espalhados pela praça
O feriado de Nossa Senhora Aparecida, comemorado nessa última terça-feira, 12, reuniu dezenas de cavaleiros e muladeiros na praça da Capelinha, localizada entre as ruas Distrito Federal e São Paulo. Fiéis aproveitaram o momento para orar e agradecer a Padroeira do Brasil. Já outras pessoas usaram a festa para beber e promover o caos. 
 
Não demorava muito para encontrar cavalos e mulas sobrecarregados com peso. Alguns animais carregavam duas ou mais pessoas. O chão ficou abarrotado de fezes, aumentando o mau cheiro. Outro problema foi o consumo desenfreado de bebida alcoólica. Muitas pessoas descartaram copos e garrafas na praça após o consumo. 
 
A praça da Capelinha virou um verdadeiro cenário de guerra. A Prefeitura tinha intensificado a limpeza e pintura da praça na última quinta-feira, 7, visando a Feira do Agricultor que acontece aos domingos e o feriado do dia 12. 
 
Em nota, a Prefeitura de Franca informou que programou para esta quinta-feira, o início da limpeza da Praça da Capelinha.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Carlos Santos de oliveira
    13/10/2021 1 Curtiu
    Fezes de cavalo e esterco pode até ser vendido o problema é o lixo esse sim só polui.
    • Luís Fernando
      14/10/2021
      Pois é, pela Franca e pelo Brasil vemos cenários de guerra, lixo não degradável, principalmente plástico, aos montes a céu aberto. Mas com isso, os elitistazinhos não se incomodam. Vejo lixo tb jogado na frente de casa e loja de burguês e querem ter um comportamento moralista com a perifa... Reformulem a educação, reformulem a mídia, tal qual fez a europa após a segunda guerra, pra não termos mais cenários de guerra...
  • Francisco Matos
    14/10/2021
    Uma cambada de falsos religiosos, assim como aquele pulha que se instalou no Planalto, maltratam os eqüinos e ninguém toma providência. Para N S Aparecida, provavelmente escumugando esses idiotas, assim como fez pessoalmente Jesus contra aqueles canalhas que conservavam animais na praça pública.
  • Sebastião Gonçalves Dias.
    14/10/2021
    Além do que muitos animais são maltratados por esses bêbados que, travestidos de fiéis, só fazem promover selvagerias e bestialidades.
  • Junior
    14/10/2021
    Tinha que proibir esse encontro de cavaleiros, pois tem muitos que vão é pra fazer bagunça, bebem e fazem graça! tem de acabar com isso!
  • P de P...aria
    14/10/2021
    Se dizem do campo... respeitam a natureza, se fazem isso na cidade imagina no pedacim de terra que esse bando de animal não faz... marcha brasil
  • JJ
    14/10/2021
    Esse pessoal (muladeiros) é mau educado, mau criado, não respeita nada e nem ninguém. Em uma celebração onde se comemoraria o dia da padroeira do Brasil o cheiro de maconha era insuportável. Som automotivo, inícios de brigas, menor consumindo bebida alcoólica e todo tipo de coisa errada que se possa imaginar. Fui com a minha família para ir à missa das 14hs, e confesso: fiquei bastante surpreso e assustado. Essa geração que acha que pode tudo tá fadada ao fracasso. Se fazem isso em frente à imagem de Nossa Senhora, eu tenho até medo do que fazem longe dela.
  • Otávio
    14/10/2021 1 Curtiu
    Mas Franca também conta com um sério problema de não ter lixeiras em vários espaços públicos. Em praças como da Vila nicácia, consolação, anjicos e muitas outras, não há se quer 1 lixeira. O pessoal é de fato mal-educado, mas cabe a ressalva.
  • Luis
    14/10/2021
    É simples de resolver o problema, ano que vem basta não autorizar que esses \"burros e mulas\" participem da festa montados a cavalo!
  • robert
    14/10/2021 1 Curtiu
    tá e o que tem de diferente de todos os anos?
  • Mateus
    14/10/2021
    \"A praça da Capelinha virou um verdadeiro cenário de guerra\". parei ai. Eu não estive presente, nem apoio a sujeira, mas voces são tendenciosos demais, e não imparciais, que seria no minimo o principio de ética da profissão de reporter, jornalista e etc..
  • Leitor
    14/10/2021 1 Curtiu
    Esses asnos que andam a cavalo nada representam a igreja católica... bebidas alcoólicas não compactuam com festa da padroeira, bando de inúteis.
  • 14/10/2021
    É muito cidadão de bem junto...
  • fernanda
    15/10/2021
    Coitado dos animais.....já passou da hora de inverter o cenário......os cavalos \"muntar\" no ser humano.....creio que não haveria sujeira e nem fezes....
  • Souza
    15/10/2021
    Ja passou da hora de proibir este evento que alem de deixar sujeirasfezes espalhdas ainda há o desrespeito com os pedestres que se aventura a apreciar o evento correndo o risco de ser pisoteado por cavalos
  • Tiago
    15/10/2021
    As calçadas da cidade estão repletas de fezes de cachorro todos os dias ...uma nojeira. Então um pouco de esterco uma vez por ano está tranquilo ...
  • Xurumela
    15/10/2021
    Mais uma vez os burros sobre mulas fazendo m*...pra variar né!
Veja mais Local

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001