LUTO

LUTO

Aos 69 anos, morre a enfermeira Leonilda Gonçalves Izalberti

Aos 69 anos, morre a enfermeira Leonilda Gonçalves Izalberti

Léo, como era carinhosamente chamada, trabalhou durante anos como enfermeira no Hospital Regional São Francisco/Hapvida.

Léo, como era carinhosamente chamada, trabalhou durante anos como enfermeira no Hospital Regional São Francisco/Hapvida.

Por Pedro Baccelli | 23/11/2021 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Pedro Baccelli
da Redação

23/11/2021 - Tempo de leitura: 1 min

Reprodução/Redes Sociais

Aposentada, Leonilda Gonçalves Izalberti era muito conhecida na região do bairro Estação

A enfermeira Leonilda Gonçalves Izalberti, de 69 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, 23. A idosa lutava bravamente contra um câncer que descobriu neste ano. Leonilda deixa seus filhos Leonardo e Luís Izalberti.

Natural da vizinha Ribeirão Corrente, Leonilda construiu grande parte de sua vida em Franca. A "Léo", como era carinhosamente chamada, trabalhou durante anos como enfermeira no Hospital Regional São Francisco/Hapvida. Aposentada, era muito conhecida na região do bairro Estação.

Mulher de muita fé, Leonilda compartilhava orações e momentos em família com os amigos no Facebook. A idosa participava do grupo Amo Franca, onde era muito atuante.

Amigos e familiares usaram as redes sociais para se despedirem de Leonilda. “A apaixonada por Franca, amiga, tia Leonilda Izalberti acaba de partir para a morada do Pai Eterno. Que Deus em sua infinita bondade possa recebê-la de braços abertos. Meus sentimentos a família e amigos”, disse Marcelo Fradim, administrador do grupo Amo Franca.

O velório aconteceu na tarde desta terça-feira no São Vicente. O enterro estava marcado para começar às 16h, no Cemitério da Saudade.

A enfermeira Leonilda Gonçalves Izalberti, de 69 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, 23. A idosa lutava bravamente contra um câncer que descobriu neste ano. Leonilda deixa seus filhos Leonardo e Luís Izalberti.

Natural da vizinha Ribeirão Corrente, Leonilda construiu grande parte de sua vida em Franca. A "Léo", como era carinhosamente chamada, trabalhou durante anos como enfermeira no Hospital Regional São Francisco/Hapvida. Aposentada, era muito conhecida na região do bairro Estação.

Mulher de muita fé, Leonilda compartilhava orações e momentos em família com os amigos no Facebook. A idosa participava do grupo Amo Franca, onde era muito atuante.

Amigos e familiares usaram as redes sociais para se despedirem de Leonilda. “A apaixonada por Franca, amiga, tia Leonilda Izalberti acaba de partir para a morada do Pai Eterno. Que Deus em sua infinita bondade possa recebê-la de braços abertos. Meus sentimentos a família e amigos”, disse Marcelo Fradim, administrador do grupo Amo Franca.

O velório aconteceu na tarde desta terça-feira no São Vicente. O enterro estava marcado para começar às 16h, no Cemitério da Saudade.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.