20 de janeiro de 2022

Opinião

OPINIÃO

Sonhar sempre!

Como professor, sempre tentamos motivar nossos alunos, afirmando que está ruim, mas já foi pior. Lutamos para que nunca desistam de sonhar e buscar constantemente a realização desses sonhos, independentemente das dificuldades que possam surgir. Leia mais no artigo de Toninho Menezes.

Opinião 08/01/2022
Toninho Menezes
especial para GCN
Como professor, sempre tentamos motivar nossos alunos, afirmando que está ruim, mas já foi pior. Lutamos para que nunca desistam de sonhar e buscar constantemente a realização desses sonhos, independentemente das dificuldades que possam surgir. Porém nos últimos anos temos visto jovens e cidadãos desiludidos, afirmando que não adianta tentar mudar o que está aí implantado de longa data.

Sempre aproveitamos o início do ano para efetuarmos algumas reflexões, como bem diz o meu amigo Higininho, colunista social do GCN: “São momentos que conhecemos o lado oculto do professor Toninho Menezes”. Assim, em razão das desilusões ouvidas pedimos permissão para comentarmos.

Nós seres humanos precisamos em primeiro lugar olhar para nós mesmos, para nosso interior e deixar que ele fale, porém precisamos nos ouvir para nos encontrar, aceitando que temos erros, defeitos que precisam ser corrigidos e só depende de nós. Não podemos ficar esperando que outros façam aquilo que compete a nós fazermos. A propósito temos o ditado: “Quem diz verdades perde amizades”, pois é da natureza humana não aceitar que erra, sempre tentando achar alguma desculpa para algo que não fizemos de forma certa.

Não podemos deixar que outros digam o que devemos fazer ou deixar de fazer, pois nós possuímos a capacidade de raciocinar e buscarmos as melhores alternativas e soluções para qualquer situação, inclusive não nos deixando envolver por ilusões que de pronto sabemos que não ocorrerá daquela forma que nos é “vendida” ou divulgada. Por outro lado, muitas vezes não enxergamos e não valorizamos adequadamente nossas qualidades.

Em síntese devemos dar valor aos que nos falam com sinceridade, os amigos de verdade.

Gostaria de citar um “caso” de um autor desconhecido, que diz assim:

“Certo dia, um rapaz desiludido resolveu seguir o exemplo dos "contos da infância".

Colocou-se frente ao seu espelho e perguntou: Querido espelho, olhe para mim e me diga: Existe alguém mais infeliz do que eu? - Com certeza, respondeu o espelho, existe alguém mais triste que tu neste momento. E este alguém sou eu. 

O rapaz olhou espantado. Não esperava que um espelho falasse, e ainda contra ele. Mas o espelho prosseguiu: Tu não imaginas a dor que eu sinto ao ver, no meu reflexo, uma pessoa que deixou seus problemas tomar conta de sua vida, que não tem mais vontade de lutar e principalmente que não consegue ver dentro de si as suas qualidades, suas capacidades, seu talento. Queria que estivesse no meu lugar pra ver. Tu és uma pessoa tão inteligente, que fala para todos que tem um Deus, e tantas vezes falou do amor de Deus, agora se mostra tão derrotado. Deus é tão pequeno assim em tua vida para que tu te sintas tão inferior assim? 

É pena que tu não vejas através de mim toda a tua facilidade em lidar com as pessoas, o quanto é expressiva a tua voz e tua palavra, quanto teu coração é forte, e o quanto as pessoas te amam.

Olhe para ti! Levanta essa cabeça, pois dificuldades todos têm, assim como todos guardam dentro de si algo especial para dar, a capacidade de tornar a própria vida prazerosa.

Quantas são as pessoas que gostariam de ser como tu és: saudável, inteligente e com toda a vida pela frente! E, no entanto, muitas delas são felizes e agradecem a Deus pelas suas vidas! Use a tua sensibilidade, ela é essencial para a vida. Motive-se: ao acordar pela manhã, pense algo do tipo: "hoje meu dia será produtivo, alegre e cheio de vida, pois tenho Deus comigo.".

Faça isso com amor no coração e concentre em teus objetivos. De hoje em diante, quero ver outra imagem refletida em mim. Uma imagem de alegria interior.”

Quando um homem abaixa a cabeça e diz: Perdi a esperança... Deus também abaixa a cabeça e diz: Perdi um homem...

Vamos refletir e manter nossos sonhos.

Toninho Menezes é mestre em Direito Público, advogado e professor universitário.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Darsio
    31/12/1969
    Devemos sim dialogar com nós mesmos para que então possamos crescer em todos os sentidos. Mas, por outro lado digo que não vivemos em uma bolha, isolados do mundo. Logo, recorro ao texto do dramaturgo alemão, O Analfabeto político, por meio do qual o autor busca chamar a atenção para o quanto a ignorância cega as pessoas e as impede de exercer verdadeiramente a cidadania. Sendo assim, as pessoas realmente precisam conhecer a si mesmas, mas também sair de suas bolhas e se aterem dos fatos e dos acontecimentos, buscando se colocarem como instrumentos de transformação em uma sociedade que seja verdadeiramente democrática. Enfim, não basta um jovem ser dotado de múltiplas inteligências e sonhos, se a ele não forem ofertas as condições para que o potencial se torne de fato algo concreto. E, nesse momento que devemos nos posicionar criticamente sobre aqueles que nos governam.
  • Francisco Matos
    31/12/1969
    Bela resposta, caro Darsio. O professor deveria comentar mais fora do que é real, assim como histórias de papai Noel, saci perere, mula sem cabeça. O texto dele, embora sem citar governos, explicitamente o identifica como um burguês que nunca apoiará a extinção da Casa Grande e Senzala, que qualquer estudioso, constata que ainda existem. Pena que o professor é fiel ao seu fórum íntimo e deseja a continuidade desse desgoverno que mata seu seu povo, até mesmo aqueles que ainda o seguem, acreditando que foi enviados por deus, escrito assim em minúsculo mesmo, haja vista que Deus nunca faria tal maldade.
Veja mais Toninho Menezes

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001