17 de janeiro de 2022

Franca

ADOLESCENTES

Fundação Casa suspende semiliberdade em Franca

A medida foi adotada após redução no número de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em Franca e mais cinco unidades. Os atendimentos do Caip (Centro de Atendimento Inicial e Provisório) e Casa - Internação com sentença continuam.

Franca 4 dias atrás
Kaique Castro
da Redação
GCN/Arquivo
Fachada do complexo da Fundação Casa de Franca; semiliberdade será suspenso a partir de 31 de janeiro
Franca não terá mais o funcionamento de semiliberdade da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente). O anúncio da suspensão de atividades foi feito em publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Os atendimentos do Caip (Centro de Atendimento Inicial e Provisório) e Casa - Internação com sentença continuam em Franca. 
 
Além da unidade de Franca, as unidades de Iaras, Taquaritinga, Jequitibá, Ibituruna e São Matheus, na Capital, a partir do dia 31 de janeiro, estarão fechadas. Em Franca, hoje no regime de semiliberdade, 20 adolescentes serão transferidos para unidades de cidades próximas.
 
Segundo a Fundação, a medida implantada foi adotada após uma redução no número de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em todas as unidades. As suspensões e extinções publicadas no Diário Oficial são de centros socioeducativos que estavam com atendimento abaixo da média geral da capacidade.
 
“A redução no atendimento é histórica, registrada desde 2014 (...) e não apenas durante a pandemia da covid-19. Hoje são 4.626 adolescentes em atendimento para 7.582 vagas oferecidas em 122 centros socioeducativos de 47 cidades no Estado de São Paulo, uma ocupação de 61% da capacidade”, afirmou a Fundação, em nota. 
 
Ainda segundo a Fundação, de 2013 até 2021, o número de menores cumprindo medidas caiu 48,57%. Em 2013 eram 8.787 menores e em 2021, 4.499.
 
“Desde 2019, foram suspensos ou extintos 30 centros socioeducativos, a maioria entre os anos de 2020 (10) e 2021 (12). Em 2022 são seis suspensões e extinções, sendo que a maior parte entra em vigor a partir do dia 31 de janeiro”, continuou a nota. 
 
Os centros de internação suspensos são aqueles com estrutura própria da Fundação Casa, cujas edificações serão mantidas. Se houver aumento no número de internações, a atividade é retomada, segundo a Fundação. 
 
“A Instituição informa que não haverá prejuízo aos servidores da Fundação Casa, seja na suspensão ou extinção, pois serão realocados em centros preferencialmente próximos às suas residências, de acordo com processo de escolha, possibilitando a todos a manifestação de seu interesse”, finalizou a nota.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Silvio
    31/12/1969
    A instituição que, provavelmente, é campeã em maquiar a realidade
  • Joaquim
    31/12/1969
    Vai tarde, pura lavagem de dinheiro do estado com essas ong\'$ , que choram por dinheiro público.
Veja mais Polícia

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001