CONSERVADORES

CONSERVADORES

Toque de berrante abre evento de bolsonaristas com o ministro Tarcísio de Freitas

Toque de berrante abre evento de bolsonaristas com o ministro Tarcísio de Freitas

O evento teve início com toque de um berrante, segundo o apresentador em alusão “ao gado bolsonarista”. Centenas de pessoas se reúnem na manhã deste sábado no Castelinho para o 1º Congresso de Desenvolvimento da Alta Mogiana. O ministro Tarcísio de Freitas, além de deputados estaduais e federais, estão presentes.

O evento teve início com toque de um berrante, segundo o apresentador em alusão “ao gado bolsonarista”. Centenas de pessoas se reúnem na manhã deste sábado no Castelinho para o 1º Congresso de Desenvolvimento da Alta Mogiana. O ministro Tarcísio de Freitas, além de deputados estaduais e federais, estão presentes.

Por Heloísa Taveira e Higor Goulart | 12/02/2022 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Heloísa Taveira e Higor Goulart
da Redação

12/02/2022 - Tempo de leitura: 1 min

Dirceu Garcia/GCN

Evento: críticas à esquerda, à imprensa, ao governador João Dória (PSDB) e a pré-candidatos ao governo estadual

O ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, cotado como pré-candidato a governador do estado de São Paulo, chegou a Franca na manhã deste sábado, 12.

A presença do ministro, junto de deputados estaduais e federais, faz parte do 1º Congresso de Desenvolvimento da Alta Mogiana, organizado pelos Conservadores da Alta Mogiana, no Castelinho.

O evento foi aberto ao público às 8h30, mas teve início uma hora depois, marcado pelo toque de um berrante, dito, pelo próprio apresentador, em alusão “ao gado bolsonarista”. Houve palmas.

Durante a apresentação inicial, o discurso foi crítico à esquerda, à imprensa, ao governador de São Paulo, João Dória (PSDB), além de pré-candidatos ao governo estadual.

Após esse discurso inicial, os políticos convidados foram apresentados. Entre eles, além do ministro Tarcísio, estão presentes os deputados federais Carla Zambelli (PSL-SP) e Capitão Derrite (Progressistas-SP), o deputado estadual Frederico d’Ávila (PSL) e outras autoridades.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, não compareceu na abertura, mas está sendo anunciado para apresentação no período da tarde.

A primeira política a discursar no palco foi a deputada Carla Zambelli, que falou sobre a corrupção no país e seu ativismo político, além de fazer críticas à esquerda e ao governador João Doria (PSDB).

O evento não tem horário definido para término. Informações indicam que o ministro poderá ficar até o final da tarde na cidade.

Matéria atualizada às 13h27

O ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, cotado como pré-candidato a governador do estado de São Paulo, chegou a Franca na manhã deste sábado, 12.

A presença do ministro, junto de deputados estaduais e federais, faz parte do 1º Congresso de Desenvolvimento da Alta Mogiana, organizado pelos Conservadores da Alta Mogiana, no Castelinho.

O evento foi aberto ao público às 8h30, mas teve início uma hora depois, marcado pelo toque de um berrante, dito, pelo próprio apresentador, em alusão “ao gado bolsonarista”. Houve palmas.

Durante a apresentação inicial, o discurso foi crítico à esquerda, à imprensa, ao governador de São Paulo, João Dória (PSDB), além de pré-candidatos ao governo estadual.

Após esse discurso inicial, os políticos convidados foram apresentados. Entre eles, além do ministro Tarcísio, estão presentes os deputados federais Carla Zambelli (PSL-SP) e Capitão Derrite (Progressistas-SP), o deputado estadual Frederico d’Ávila (PSL) e outras autoridades.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, não compareceu na abertura, mas está sendo anunciado para apresentação no período da tarde.

A primeira política a discursar no palco foi a deputada Carla Zambelli, que falou sobre a corrupção no país e seu ativismo político, além de fazer críticas à esquerda e ao governador João Doria (PSDB).

O evento não tem horário definido para término. Informações indicam que o ministro poderá ficar até o final da tarde na cidade.

Matéria atualizada às 13h27

9 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Francisco Matos
    12/02/2022
    O zepovinho de nossa cidade é alertado sobre o início do espetáculo dos milicianos através do som de um berrante, instrumento próprio para orientar o caminho para o gado seguir.
  • adilson
    12/02/2022
    Toque do berrante abre o evento .... kkkkk , chamando os alienados de gado na cara deles , tem que ser muito imbecil para aceitar essa situação
  • Kkkkkkkkkkkkk
    12/02/2022 2 Curtiram
    Isso só mostra que, quem ainda segue Lula cegamente é burro e quem segue o Bolsobaro cegamente é gado.... kkkk esse é o Brasil que eu não quero.... não precisa ir longe ..... olha o que nosso ex-prefeito fez..... o atual não consegue tirar os mendigos da rua por conta de decreto acinado por Gilson.... se o GUGU fosse vivo ele faria um devolta para minha terra e estaria tudo ok já.
  • Júnior
    12/02/2022
    Hahahahaha flopou!! Só um gato pingado de desocupados pra ouvirem falar mal de governador hahahaha a que ponto chega esse povo que tem político de estimação.
  • Júnior
    12/02/2022
    Hahahahaha flopou!! Só um gato pingado de desocupados pra ouvirem falar mal de governador hahahaha a que ponto chega esse povo que tem político de estimação.
  • Darsio
    12/02/2022
    Bééééééééééé... muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
  • Darsio
    12/02/2022
    Eles mesmo é que se autodenominam gado. Meu Deus do céu! Quando achamos que chegamos no fundo do poço da burrice desses bolsominions, eles conseguem mostrar que ele é mais profundo.
  • Maria
    12/02/2022
    MICOOOO
  • ...
    12/02/2022
    Um bando de gado alienado , berrante serviu bem viu pra abrir o evento . Como tem pessoas que acreditam, a eleição desse ano da difícil. O família que não faz nada e ainda um deservico a saúde , e o pouco que fazem que e o essencial e ainda querem ser aplaudidos.