LUTO

LUTO

Aos 86 anos, morre Antônio Herculano de Castro, o 'seu Nico'

Aos 86 anos, morre Antônio Herculano de Castro, o 'seu Nico'

O aposentado passou mal na semana passada e foi diagnosticado com covid-19. Na noite deste domingo, 13, não resistiu e morreu no Hospital do Coração. Ajudante de caminhão por quase toda vida, tinha a música como paixão.

O aposentado passou mal na semana passada e foi diagnosticado com covid-19. Na noite deste domingo, 13, não resistiu e morreu no Hospital do Coração. Ajudante de caminhão por quase toda vida, tinha a música como paixão.

Por Kaique Castro | 14/02/2022 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Kaique Castro
da Redação

14/02/2022 - Tempo de leitura: 1 min

Arquivo de Família

Antônio Herculano de Castro deixa quatro filhas, seis netos e cinco bisnetos

Morreu na noite desse domingo, 13, no Hospital do Coração, por complicações da covid-19 o aposentado Antônio Herculano de Castro, o “seu Nico", aos 86 anos.

“Nico” desmaiou pela manhã da última quarta-feira, 9, e precisou ser levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Na unidade de saúde foram realizados vários exames, que descartaram um AVC, mas ele acabou sendo diagnosticado com covid-19.

Na noite do sábado, 12, o aposentado teve uma piora e, durante a noite desse domingo, acabou não resistindo. O aposentado já estava vacinado com as três doses da vacina para a covid-19.

Nico trabalhou por vários anos como ajudante de caminhão na Rizzati, em Franca. Era viúvo da “Dona Lauripia”, que morreu há 13 anos. Ele deixa quatro filhas - Leila, Sonia, Isilda e Sueli -, seis netos e cinco bisnetos.

Ele tinha a música como paixão. Tocava vários instrumentos, mas seu preferido era a sanfona, que animava todas as festas em família.

“E ontem Deus deixou eu me despedir do senhor, por videochamada, e dizer o quanto eu te amo! Vai em paz, meu vôzinho querido”, lamentou a neta Ana Cláudia.

“Meu amor, meu grande amor. Obrigada por tudo. Eu te amo infinitamente!”, disse a neta Amanda.

O corpo de Antônio será sepultado nesta segunda-feira, 14, no cemitério Jardim das Oliveiras, em Franca.

Morreu na noite desse domingo, 13, no Hospital do Coração, por complicações da covid-19 o aposentado Antônio Herculano de Castro, o “seu Nico", aos 86 anos.

“Nico” desmaiou pela manhã da última quarta-feira, 9, e precisou ser levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Na unidade de saúde foram realizados vários exames, que descartaram um AVC, mas ele acabou sendo diagnosticado com covid-19.

Na noite do sábado, 12, o aposentado teve uma piora e, durante a noite desse domingo, acabou não resistindo. O aposentado já estava vacinado com as três doses da vacina para a covid-19.

Nico trabalhou por vários anos como ajudante de caminhão na Rizzati, em Franca. Era viúvo da “Dona Lauripia”, que morreu há 13 anos. Ele deixa quatro filhas - Leila, Sonia, Isilda e Sueli -, seis netos e cinco bisnetos.

Ele tinha a música como paixão. Tocava vários instrumentos, mas seu preferido era a sanfona, que animava todas as festas em família.

“E ontem Deus deixou eu me despedir do senhor, por videochamada, e dizer o quanto eu te amo! Vai em paz, meu vôzinho querido”, lamentou a neta Ana Cláudia.

“Meu amor, meu grande amor. Obrigada por tudo. Eu te amo infinitamente!”, disse a neta Amanda.

O corpo de Antônio será sepultado nesta segunda-feira, 14, no cemitério Jardim das Oliveiras, em Franca.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.