RELIGIÃO

RELIGIÃO

A palavra não volta vazia

A palavra não volta vazia

Neste versículo, o profeta Isaías, inspirado por Deus, escreve que toda palavra dita por Deus, jamais voltará vazia. Leia o artigo do pastor Isaac Ribeiro.

Neste versículo, o profeta Isaías, inspirado por Deus, escreve que toda palavra dita por Deus, jamais voltará vazia. Leia o artigo do pastor Isaac Ribeiro.

Por Pastor Isaac Ribeiro | 07/05/2022 | Tempo de leitura: 3 min
especial para o GCN

Por Pastor Isaac Ribeiro
especial para o GCN

07/05/2022 - Tempo de leitura: 3 min

“Assim será a Palavra que sair da minha boca, não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei”.
Isaías 55.11.

Neste versículo, o profeta Isaías, inspirado por Deus, escreve que toda palavra dita por Deus, jamais voltará vazia.  A Palavra de Deus não é uma palavra humana, mas a Palavra Eterna que refaz nosso espírito.

Todas as vezes que buscamos o socorro na Palavra de Deus nosso espírito se renova e, daí, toda a nossa vida desabrocha como uma nova planta. É aqui que conseguimos explicar por que pessoas nocivas à sociedade quando transformadas pelo Poder contido na Palavra provam o novo nascimento e, o que parecia impossível, se torna possível. 

Sim, a Palavra de Deus alimenta a vontade de mudar de vida e passamos a gozar da ajuda do Espírito Santo.  O Pai eterno não abandona seus filhos e a ideia de abandono não sobrevive um único momento quando aprendemos ouvir sua voz. Ela chega e nos envolve como pássaro que acolhe seus filhotes sobre suas asas.

Portanto, ouça a voz de Deus e nunca esqueça que a palavra de Deus é viva e eficaz. É mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes e penetra até a divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Onde nenhum homem consegue ir, nosso Deus através da sua Palavra vai. A bem da verdade, todo leitor atencioso das Escrituras Sagradas perceberá com muita facilidade a harmonia e inspiração divina em todos os escritos sagrados. Quando falo sobre isto, me ponho a pensar como seria a Bíblia se Deus não fosse o inspirador de todos os seus escritores.

Humanamente falando, imagine quão diferentes eram os quarenta escritores que viveram no espaço de tempo de aproximadamente 1600 anos. Muito embora um fosse doutor, o outro pescador, já o outro, funcionário público, boiadeiro, pastor de ovelhas, escriba, estadista, monarca entre outras diferentes ocupações. No entanto, mesmo com todas estas diferenças, percebemos que todos caminharam no mesmo rumo, apontando para um mesmo objetivo e sem qualquer contradição.

Isto só se tornou possível, porque Deus estava e continua no comando de tudo. Paulo afirma em II Tm 3.16 que: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça”. É por esta razão que, apesar de muitos homens ao longo da história humana terem se levantado contra a Bíblia, todos eles passaram e ela continua viva e com seu poder sobrenatural de transformar vidas ao redor do mundo. Algumas pessoas dizem não a compreender e isto só acontece porque tais pessoas querem entendê-la de forma natural. Em I Coríntios 2.14 Paulo explica: “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parece loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”. Portanto, caro leitor, para entender a palavra de Deus é preciso ter o Espírito de Deus. Pode parecer um tanto difícil aceitar, mas diante da aflição e da agonia do homem, nada é mais confortador do que a voz de Deus falando conosco através de sua Palavra. Valorize a Palavra de Deus.

Deus vos abençoe.

Isaac Ribeiro é pastor evangélico e presidente da Assembleia de Deus (Missão) em Franca.

“Assim será a Palavra que sair da minha boca, não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei”.
Isaías 55.11.

Neste versículo, o profeta Isaías, inspirado por Deus, escreve que toda palavra dita por Deus, jamais voltará vazia.  A Palavra de Deus não é uma palavra humana, mas a Palavra Eterna que refaz nosso espírito.

Todas as vezes que buscamos o socorro na Palavra de Deus nosso espírito se renova e, daí, toda a nossa vida desabrocha como uma nova planta. É aqui que conseguimos explicar por que pessoas nocivas à sociedade quando transformadas pelo Poder contido na Palavra provam o novo nascimento e, o que parecia impossível, se torna possível. 

Sim, a Palavra de Deus alimenta a vontade de mudar de vida e passamos a gozar da ajuda do Espírito Santo.  O Pai eterno não abandona seus filhos e a ideia de abandono não sobrevive um único momento quando aprendemos ouvir sua voz. Ela chega e nos envolve como pássaro que acolhe seus filhotes sobre suas asas.

Portanto, ouça a voz de Deus e nunca esqueça que a palavra de Deus é viva e eficaz. É mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes e penetra até a divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Onde nenhum homem consegue ir, nosso Deus através da sua Palavra vai. A bem da verdade, todo leitor atencioso das Escrituras Sagradas perceberá com muita facilidade a harmonia e inspiração divina em todos os escritos sagrados. Quando falo sobre isto, me ponho a pensar como seria a Bíblia se Deus não fosse o inspirador de todos os seus escritores.

Humanamente falando, imagine quão diferentes eram os quarenta escritores que viveram no espaço de tempo de aproximadamente 1600 anos. Muito embora um fosse doutor, o outro pescador, já o outro, funcionário público, boiadeiro, pastor de ovelhas, escriba, estadista, monarca entre outras diferentes ocupações. No entanto, mesmo com todas estas diferenças, percebemos que todos caminharam no mesmo rumo, apontando para um mesmo objetivo e sem qualquer contradição.

Isto só se tornou possível, porque Deus estava e continua no comando de tudo. Paulo afirma em II Tm 3.16 que: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça”. É por esta razão que, apesar de muitos homens ao longo da história humana terem se levantado contra a Bíblia, todos eles passaram e ela continua viva e com seu poder sobrenatural de transformar vidas ao redor do mundo. Algumas pessoas dizem não a compreender e isto só acontece porque tais pessoas querem entendê-la de forma natural. Em I Coríntios 2.14 Paulo explica: “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parece loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”. Portanto, caro leitor, para entender a palavra de Deus é preciso ter o Espírito de Deus. Pode parecer um tanto difícil aceitar, mas diante da aflição e da agonia do homem, nada é mais confortador do que a voz de Deus falando conosco através de sua Palavra. Valorize a Palavra de Deus.

Deus vos abençoe.

Isaac Ribeiro é pastor evangélico e presidente da Assembleia de Deus (Missão) em Franca.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.