MAGALU

MAGALU

Magazine Luiza oferece crédito de R$ 100 a R$ 5.000 em aplicativo

Magazine Luiza oferece crédito de R$ 100 a R$ 5.000 em aplicativo

Segundo a empresa, 10 milhões de clientes já têm crédito pré-aprovado. Ao todo, 45 milhões usam o aplicativo da rede.

Segundo a empresa, 10 milhões de clientes já têm crédito pré-aprovado. Ao todo, 45 milhões usam o aplicativo da rede.

Por Daniele Madureira | 13/05/2022 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Por Daniele Madureira
da Folhapress

13/05/2022 - Tempo de leitura: 1 min

GCN/Arquivo

Fintech Magalu já nasce como uma das dez maiores do Brasil

A varejista Magazine Luiza lançou nesta quinta-feira, 12, uma fintech que vai oferecer crédito a consumidores e a lojistas. Por meio do aplicativo, clientes da rede podem ter acesso a uma linha de crédito pré-aprovada de R$ 100 a R$ 5.000.

O valor do crédito oferecido a cada consumidor é calculado com base na análise do seu perfil. Segundo a empresa, 10 milhões de clientes já têm crédito pré-aprovado. Ao todo, 45 milhões usam o aplicativo da rede.

A quantia é liberada diretamente no MagaluPay, a conta digital do Magalu, que pode ser usada para qualquer tipo de pagamento.

Já para os 160 mil lojistas do marketplace da companhia (os sellers), a fintech Magalu vai oferecer um cartão de crédito.

Neste caso, os sellers interessados podem se inscrever na lista de espera, por meio de um convite, que será enviado nos próximos dias pelo Magalu. Os portadores do cartão de crédito empresarial vão contar com um programa de benefícios, com direito a troca de pontos por serviços oferecidos no ecossistema Magalu.

De acordo com a varejista, a fintech já nasce como uma das dez maiores do Brasil, com mais de 16 milhões de clientes únicos – incluindo os 9 milhões que têm conta digital MagaluPay e os 7 milhões que têm o cartão de crédito da rede.

A Fintech Magalu é resultado da integração de uma série de companhias adquiridas pela empresa nos últimos anos – Bit55, Stoq e Hub Fintech  e da operação Luizacred. Em 2021, o volume total de transações somou R$ 65 bilhões.

O valor leva em conta a operação de cartão de crédito pessoa física, a sub-adquirência do marketplace e serviços financeiros prestados a terceiros. A empresa é responsável, por exemplo, pela operação de pagamento a caminhoneiros e transportadores da CargoX.

A varejista Magazine Luiza lançou nesta quinta-feira, 12, uma fintech que vai oferecer crédito a consumidores e a lojistas. Por meio do aplicativo, clientes da rede podem ter acesso a uma linha de crédito pré-aprovada de R$ 100 a R$ 5.000.

O valor do crédito oferecido a cada consumidor é calculado com base na análise do seu perfil. Segundo a empresa, 10 milhões de clientes já têm crédito pré-aprovado. Ao todo, 45 milhões usam o aplicativo da rede.

A quantia é liberada diretamente no MagaluPay, a conta digital do Magalu, que pode ser usada para qualquer tipo de pagamento.

Já para os 160 mil lojistas do marketplace da companhia (os sellers), a fintech Magalu vai oferecer um cartão de crédito.

Neste caso, os sellers interessados podem se inscrever na lista de espera, por meio de um convite, que será enviado nos próximos dias pelo Magalu. Os portadores do cartão de crédito empresarial vão contar com um programa de benefícios, com direito a troca de pontos por serviços oferecidos no ecossistema Magalu.

De acordo com a varejista, a fintech já nasce como uma das dez maiores do Brasil, com mais de 16 milhões de clientes únicos – incluindo os 9 milhões que têm conta digital MagaluPay e os 7 milhões que têm o cartão de crédito da rede.

A Fintech Magalu é resultado da integração de uma série de companhias adquiridas pela empresa nos últimos anos – Bit55, Stoq e Hub Fintech  e da operação Luizacred. Em 2021, o volume total de transações somou R$ 65 bilhões.

O valor leva em conta a operação de cartão de crédito pessoa física, a sub-adquirência do marketplace e serviços financeiros prestados a terceiros. A empresa é responsável, por exemplo, pela operação de pagamento a caminhoneiros e transportadores da CargoX.

2 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Darsio
    5 dias atrás
    Coitado desse povo. Se não bastasse estar passando fome, desempregado e ser governado por uma anta insana, ainda se faz alvo dos especuladores que, com a absurda taxa de juros se agigantam no enriquecimento as custas da desgraça desse povo. Tudo bem que muitos se fazem imbecis a ponto de se colocarem como devotos de Genocida, mas...
  • Carlos Roberto Almeida Prado
    5 dias atrás
    País de agiotas, rentistas parasitas, bancos mercenários, aproveitadores, cartórios de interesses, panelas de corrupção e políticos safados, é isso o que o Brasil virou. Mas não se preocupe, cerveja barata, BBB, mulher pelada, farinha e sertanojo não vai faltar, o povo quer é isso.