NA PRATELEIRA

NA PRATELEIRA

Preço do litro de leite dispara e ultrapassa os R$ 6 em Franca

Preço do litro de leite dispara e ultrapassa os R$ 6 em Franca

Com a estiagem e alta do diesel e de insumos para gado, leite longa vida tem novo reajuste no começo desta semana e deixa consumidores revoltados.

Com a estiagem e alta do diesel e de insumos para gado, leite longa vida tem novo reajuste no começo desta semana e deixa consumidores revoltados.

Por Ingrid Silva | 5 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Ingrid Silva
da Redação

5 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

Ingrid Silva/GCN

Valor do leite longa vida vem aumentando nos últimos dois meses, mas nesta semana consumidores sentiram mais no bolso

Consumidores de Franca se assustam com o valor do leite nos supermercados. Neste início de semana, os valores dispararam nas prateleiras, chegando a 21% de aumento em um mês. Os consumidores que pagavam R$ 5,19 pelo longa vida há 30 dias, agora desembolsam R$ 6,29 a caixinha de 1 litro.

Quem mais sofre com esse aumento são principalmente famílias que têm crianças em casa. "É uma diferença gritante, mas é um item essencial na minha casa. Criança tem que beber leite, não posso deixar de comprar", relatou, indignada, a dona de casa Maria Melo, 74 anos.

O aumento do leite vem acontecendo periodicamente há quatro meses, mas nos meses de maio e junho os valores foram às alturas. "Para o produtor foi um grande aumento no custo de produção e insumos, de 20%. Um saco de ração para gado chega a custar 140 reais”, explica Donizete do Nascimento, gerente de captação de um laticínio.

Segundo Dener Jorge, 54 anos, proprietário dos laticínios Arplam e Uberabão, há uma tendência de os preços continuarem em alta. "Neste momento de chuvas bem escassas, as pastagens estão muito secas, não tendo qualidade na alimentação do gado, diminuindo ainda mais a produção do leite, e o mercado terá menor oferta, e com consequência, aumento no preço do produto”.

De um lado, consumidores assustados com valor exorbitante, e do outro, produtores que não conseguem segurar o preço e acabam repassando para a linha final nas prateleiras.

Patricia Alves, consumidora de um dos mercados da Vila Aparecida, ficou revoltada com o valor que se deparou na prateleira do leite longa vida. “É uma falta de respeito com a população".

Consumidores de Franca se assustam com o valor do leite nos supermercados. Neste início de semana, os valores dispararam nas prateleiras, chegando a 21% de aumento em um mês. Os consumidores que pagavam R$ 5,19 pelo longa vida há 30 dias, agora desembolsam R$ 6,29 a caixinha de 1 litro.

Quem mais sofre com esse aumento são principalmente famílias que têm crianças em casa. "É uma diferença gritante, mas é um item essencial na minha casa. Criança tem que beber leite, não posso deixar de comprar", relatou, indignada, a dona de casa Maria Melo, 74 anos.

O aumento do leite vem acontecendo periodicamente há quatro meses, mas nos meses de maio e junho os valores foram às alturas. "Para o produtor foi um grande aumento no custo de produção e insumos, de 20%. Um saco de ração para gado chega a custar 140 reais”, explica Donizete do Nascimento, gerente de captação de um laticínio.

Segundo Dener Jorge, 54 anos, proprietário dos laticínios Arplam e Uberabão, há uma tendência de os preços continuarem em alta. "Neste momento de chuvas bem escassas, as pastagens estão muito secas, não tendo qualidade na alimentação do gado, diminuindo ainda mais a produção do leite, e o mercado terá menor oferta, e com consequência, aumento no preço do produto”.

De um lado, consumidores assustados com valor exorbitante, e do outro, produtores que não conseguem segurar o preço e acabam repassando para a linha final nas prateleiras.

Patricia Alves, consumidora de um dos mercados da Vila Aparecida, ficou revoltada com o valor que se deparou na prateleira do leite longa vida. “É uma falta de respeito com a população".

8 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Homero Santiago
    5 dias atrás
    Entre 6 e 7 reais o preço do leite na prateleira para o consumidor pagar, mas o produtor rural recebendo pouco mais de 2 reais o litro. Esse é o Brasil do Bozonaro, acabar com o pobre, de fome.
  • Fernando
    5 dias atrás
    Tá caro? Culpa no Bolsonaro. Vocês acreditam que o leite \"vai a pé\" para o mercado ou movido a Diesel. Tá na hora de olhar pro Ciro!
  • Jose Aparecido Gomes
    5 dias atrás
    A solução é simples: parem de comprar leite. Primeiro que a agua branca que tá na caixinha ta longe de ser leite. Segundo Substitua por outra bebida nutritiva que caiba no bolso. Bate uma mistura de fruta ou uma sopa de legumes e bate no liquidificador. Que povo engessado!!!!
  • Adilson
    5 dias atrás
    Esses leite puro veneno e antibioticos
  • Adriana França
    5 dias atrás
    Sempre vão ter uma desculpa pra aumento de preços o mais interessante é que o salário do trabalhador não sobe conforme os aumentos de supermercado, combustível e o governo não faz nada daqui uns dias o Brasil vai virar uma África ou Etiópia onde o povo vive passando fome e necessidade
  • Bezerro
    4 dias atrás
    Vaca não da leite!! O povo precisa valorizar mais a si mesmo e para de ficar esperando alguem fazer algo por ele! Eh dificil p todo mundo! O planeta esta morrendo! Acorda galera! Vamos ajudar uns aos outros! Para de reclamar ! As coisas tendem a piorar e soh reclamar soh vai adiantar processo de perda! Arregaça as mangas e lute por um mundo melhor!!!!’ ACORDA seus reclamoes!!!
  • Darsio
    4 dias atrás
    As coisas não vão bem no mundo todo, mas no Brasil elas são piores. Afinal, temos um bozo GENOCIDA que, tudo tem feito para o enriquecimento da sua família e amigos milicianos, as custas da miséria do povo. E, aí! Vai de GENOCIDA novamente?
  • Darsio
    4 dias atrás
    Nesse momento difícil pedimos para que os bolsominions possam OURar pelo país. Afinal, num país em que pastores de braços dados com um GENOCIDA, roubam milhões da educação de crianças e jovens, o que se pode esperar?