'ENCONTRO'

'ENCONTRO'

Manoel Soares ampara participante da plateia que se emocionou ao falar de racismo

Manoel Soares ampara participante da plateia que se emocionou ao falar de racismo

O apresentador abraçou a senhora, chamada Dirce, ofereceu um copo d'água e conversou com ela.

O apresentador abraçou a senhora, chamada Dirce, ofereceu um copo d'água e conversou com ela.

Por | 01/08/2022 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Por
da Folhapress

01/08/2022 - Tempo de leitura: 1 min

Reprodução

Manoel Soares ampara integrante da plateia do programa 'Encontro'

Na manhã desta segunda-feira (1º), o Encontro (Globo) repercutiu o ataque racista sofrido por Titi e Bless, filhos de Giovanna Ewbank, 35, e Bruno Gagliasso, 40, no último sábado (30). Ao longo do programa, uma integrante da plateia se emocionou e Manoel Soares, 43, a amparou.

O apresentador abraçou a senhora, chamada Dirce, ofereceu um copo d'água e conversou com ela. "Começo a lembrar tudo o que eu passei até hoje, de preconceito e racismo. Quando éramos crianças, em sete irmãos, minha mãe saía e nos deixava trancados em casa, e as outras crianças iam lá jogar pedra em casa e nos xingar. Parece que isso nunca vai acabar", disse a integrante.

Após o episódio, espectadores e internautas elogiaram a atitude do apresentador. "O Manoel sendo super-necessário hoje no Encontro", escreveu um. "Manoel Soares totalmente essencial no Encontro! Que ser humano sensível!", elogiou outra. O trecho foi exibido novamente no Mais Você.

Apesar dos elogios para o apresentador, muitos internautas criticaram o fato de o programa estar sendo conduzido por Patrícia Poeta, e não pelo apresentador. "Deveria ser Encontro com os dois nomes, mas não adianta de [nada] a Patrícia não deixa o Manoel falar!", disse uma internauta.

"Pensei que fosse exagero, mas estou constatando, Manoel está sem espaço e sendo interrompido direto pela Patrícia Poeta", apontou outro. Mesmo com as críticas, a Globo nega que haja uma crise nos bastidores do programa Encontro.

Na manhã desta segunda-feira (1º), o Encontro (Globo) repercutiu o ataque racista sofrido por Titi e Bless, filhos de Giovanna Ewbank, 35, e Bruno Gagliasso, 40, no último sábado (30). Ao longo do programa, uma integrante da plateia se emocionou e Manoel Soares, 43, a amparou.

O apresentador abraçou a senhora, chamada Dirce, ofereceu um copo d'água e conversou com ela. "Começo a lembrar tudo o que eu passei até hoje, de preconceito e racismo. Quando éramos crianças, em sete irmãos, minha mãe saía e nos deixava trancados em casa, e as outras crianças iam lá jogar pedra em casa e nos xingar. Parece que isso nunca vai acabar", disse a integrante.

Após o episódio, espectadores e internautas elogiaram a atitude do apresentador. "O Manoel sendo super-necessário hoje no Encontro", escreveu um. "Manoel Soares totalmente essencial no Encontro! Que ser humano sensível!", elogiou outra. O trecho foi exibido novamente no Mais Você.

Apesar dos elogios para o apresentador, muitos internautas criticaram o fato de o programa estar sendo conduzido por Patrícia Poeta, e não pelo apresentador. "Deveria ser Encontro com os dois nomes, mas não adianta de [nada] a Patrícia não deixa o Manoel falar!", disse uma internauta.

"Pensei que fosse exagero, mas estou constatando, Manoel está sem espaço e sendo interrompido direto pela Patrícia Poeta", apontou outro. Mesmo com as críticas, a Globo nega que haja uma crise nos bastidores do programa Encontro.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.