GOLPE NO CRIME

GOLPE NO CRIME

Operação do Gaeco prende 17 membros do PCC em Franca

Operação do Gaeco prende 17 membros do PCC em Franca

Os criminosos são acusados de tráfico de drogas, sequestro para 'tribunal do crime', porte ilegal de armas. Operação teve o apoio da Polícia Militar.

Os criminosos são acusados de tráfico de drogas, sequestro para 'tribunal do crime', porte ilegal de armas. Operação teve o apoio da Polícia Militar.

Por Pedro Baccelli | 2 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
dá Redação

Por Pedro Baccelli
dá Redação

2 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

Pedro Baccelli/GCN

Movimentação na manhã desta quinta-feira na CPJ

Uma operação prendeu 17 membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na manhã desta quinta-feira, 22, em Franca e região.

Os policiais se reuniram às 6 horas e fizeram uma operação conjunta, resultando no cumprimento de 32 mandados de busca e apreensão, além da prisão de 17 pessoas, sendo 16 em Franca e uma no município vizinho de Itirapuã.

Os criminosos são acusados de tráfico de drogas, sequestro de pessoas, popularmente chamado por "tribunais do crime" ou "tabuleiros", porte ilegal de armas, entre outros crimes.

Segundo a Polícia Militar, os envolvidos com a facção e suas respectivas famílias não apresentaram resistência durante a prisão. Não houve tentativa de fuga.

Os objetos apreendidos foram levados para a sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo). Os criminosos ligados ao tráfico foram levados para a Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), e os demais foram encaminhados até a CPJ (Central de Polícia Judiciária).

Com o alto número de prisões, mais de 20 viaturas da PM estavam na CPJ por volta das 8 horas. O interior da delegacia foi fechado para os policiais e advogados.

A ação foi realizada pelo Gaeco, em parceria com a Polícia Militar.

Uma operação prendeu 17 membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na manhã desta quinta-feira, 22, em Franca e região.

Os policiais se reuniram às 6 horas e fizeram uma operação conjunta, resultando no cumprimento de 32 mandados de busca e apreensão, além da prisão de 17 pessoas, sendo 16 em Franca e uma no município vizinho de Itirapuã.

Os criminosos são acusados de tráfico de drogas, sequestro de pessoas, popularmente chamado por "tribunais do crime" ou "tabuleiros", porte ilegal de armas, entre outros crimes.

Segundo a Polícia Militar, os envolvidos com a facção e suas respectivas famílias não apresentaram resistência durante a prisão. Não houve tentativa de fuga.

Os objetos apreendidos foram levados para a sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo). Os criminosos ligados ao tráfico foram levados para a Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), e os demais foram encaminhados até a CPJ (Central de Polícia Judiciária).

Com o alto número de prisões, mais de 20 viaturas da PM estavam na CPJ por volta das 8 horas. O interior da delegacia foi fechado para os policiais e advogados.

A ação foi realizada pelo Gaeco, em parceria com a Polícia Militar.

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Dirceu
    2 dias atrás
    Esse tipo de gente não adianta prender... tem q dar um sumiço. Prende hoje, amanhã estão nas ruas novamente. Prgou 17... ficou livre outras centenas.