MANUTENÇÃO

MANUTENÇÃO

Após acidente, poste fica pendurado por 20 horas em rua na zona Sul

Após acidente, poste fica pendurado por 20 horas em rua na zona Sul

A CPFL iniciou a manutenção do poste apenas no final da manhã desta quinta-feira, 22, pouco mais de 20 horas depois do acidente que o deixou pendurado.

A CPFL iniciou a manutenção do poste apenas no final da manhã desta quinta-feira, 22, pouco mais de 20 horas depois do acidente que o deixou pendurado.

Por Higor Goulart | 2 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Higor Goulart
da Redação

2 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

Pedro Baccelli/GCN

Poste pendurado após acidente na rua Ana Carolina Ferreira, no bairro José de Carlos

Na tarde dessa quarta-feira, 21, uma mulher de 40 anos atingiu um poste na rua Ana Carolina Ferreira Arantes, no bairro José de Carlos, na zona Sul. Com o impacto, o poste ficou pendurado graças ao auxílio de fios e só foi trocado 20 horas depois.

O acidente aconteceu pouco antes das 15h da quarta-feira. Imagens de uma câmera de segurança mostraram o momento em que a mulher, que dirigia um Fiat Palio, saiu da pista e bateu no poste.

Com o acidente, a estrutura quebrou e ficou pendurada.

De acordo com a CPFL, a decisão de trocar o poste após 20 horas do acidente foi "para evitar desligamento maior a clientes do entorno", após a empresa "avaliar a estabilidade da estrutura".

Os trabalhos de troca foram iniciados no fim da manhã desta quinta-feira, 22, e devem terminar no início da tarde.

De acordo com a CPFL, a indenização pelos danos ao poste público seguirá as normas da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que determina que os custos são de responsabilidade do motorista.

Na tarde dessa quarta-feira, 21, uma mulher de 40 anos atingiu um poste na rua Ana Carolina Ferreira Arantes, no bairro José de Carlos, na zona Sul. Com o impacto, o poste ficou pendurado graças ao auxílio de fios e só foi trocado 20 horas depois.

O acidente aconteceu pouco antes das 15h da quarta-feira. Imagens de uma câmera de segurança mostraram o momento em que a mulher, que dirigia um Fiat Palio, saiu da pista e bateu no poste.

Com o acidente, a estrutura quebrou e ficou pendurada.

De acordo com a CPFL, a decisão de trocar o poste após 20 horas do acidente foi "para evitar desligamento maior a clientes do entorno", após a empresa "avaliar a estabilidade da estrutura".

Os trabalhos de troca foram iniciados no fim da manhã desta quinta-feira, 22, e devem terminar no início da tarde.

De acordo com a CPFL, a indenização pelos danos ao poste público seguirá as normas da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que determina que os custos são de responsabilidade do motorista.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.