SUSTO

SUSTO

Tio e sobrinho escapam ilesos após queda de árvore no Jardim Vera Cruz

Tio e sobrinho escapam ilesos após queda de árvore no Jardim Vera Cruz

Árvore de grande porte caiu na avenida principal do bairro no momento em que o motociclista e garupa passavam pelo local.

Árvore de grande porte caiu na avenida principal do bairro no momento em que o motociclista e garupa passavam pelo local.

Por Hevertom Talles | 2 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Hevertom Talles
da Redação

2 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

Hevertom Talles/GCN e Reprodução

A árvore tombada na avenida João Gonçalves e a moto do sapateiro Lucilandio

Durante a forte chuva e tempestade que caiu nesta quarta-feira, 21, pelo menos nove árvores caíram na cidade de Franca, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

O sapateiro Lucilandio Costa, de 37 anos, havia acabado de sair da sua casa e levava o sobrinho, Luiz Gabriel, de 19 anos, para o Jardim Vera Cruz, quando começou a chover e foi surpreendido pela queda à sua frente de uma árvore de grande porte na avenida João Gonçalves.

“Eu moro no Jardim Cambuí, e levava meu sobrinho para o bairro Vera Cruz. Logo depois que passei a ponte e começou a respigar e a ventar, eu corri um pouco mais para chegar antes da chuva”, afirma Costa.

Durante o percurso na avenida, ele percebeu que a árvore iria cair. “Quando cheguei próximo da árvore, vi que ela iria cair, (mas) como eu estava meio rápido, não deu tempo de parar antes dela. Parei, a árvore caiu em cima da moto, e os galhos me jogaram pra trás, e meu sobrinho também. Os fios (do poste que caiu) começaram a estalar, e a gente saiu correndo”, disse Costa.

Logo na sequência da queda da moto, eles correram com medo dos fios de alta tensão. Apesar do susto, os dois praticamente saíram ilesos. Lucilandio, que pilotava a moto, teve algumas leves escoriações. Já a motocicleta acabou sendo danificada na parte da frente.

Durante a forte chuva e tempestade que caiu nesta quarta-feira, 21, pelo menos nove árvores caíram na cidade de Franca, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

O sapateiro Lucilandio Costa, de 37 anos, havia acabado de sair da sua casa e levava o sobrinho, Luiz Gabriel, de 19 anos, para o Jardim Vera Cruz, quando começou a chover e foi surpreendido pela queda à sua frente de uma árvore de grande porte na avenida João Gonçalves.

“Eu moro no Jardim Cambuí, e levava meu sobrinho para o bairro Vera Cruz. Logo depois que passei a ponte e começou a respigar e a ventar, eu corri um pouco mais para chegar antes da chuva”, afirma Costa.

Durante o percurso na avenida, ele percebeu que a árvore iria cair. “Quando cheguei próximo da árvore, vi que ela iria cair, (mas) como eu estava meio rápido, não deu tempo de parar antes dela. Parei, a árvore caiu em cima da moto, e os galhos me jogaram pra trás, e meu sobrinho também. Os fios (do poste que caiu) começaram a estalar, e a gente saiu correndo”, disse Costa.

Logo na sequência da queda da moto, eles correram com medo dos fios de alta tensão. Apesar do susto, os dois praticamente saíram ilesos. Lucilandio, que pilotava a moto, teve algumas leves escoriações. Já a motocicleta acabou sendo danificada na parte da frente.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.